Dicas para investir em imóveis no exterior

    Dicas para investir em imóveis no exterior: Com a supervalorização dos imóveis brasileiros, comprar um apartamento nas cidades que os brasileiros mais viajam no exterior.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão5 anos atrás

    Investir em imóveis no exterior

    Dicas para investir em imóveis no exterior: Com a supervalorização dos imóveis brasileiros, comprar um apartamento nas cidades que os brasileiros mais viajam no exterior, como Miami e Orlando, é uma boa possibilidade de bons lucros para quem investe.

    De acordo com a pesquisa da Profile of International Home Buyers in Florida, dentre os estrangeiros que compraram imóveis no estado da Flórida em 2013, os brasileiros ocupam o terceiro lugar no ranking.

    Desse modo, é observado um crescente interesse entre os brasileiros em morar no exterior, porém, com um perfil conservador desejam investir em regiões valorizadas, ao exemplo de Miami e Orlando.

    Há brasileiros que querem penas uma casa de férias, outros preferem um investimento que seja rentável e, os que querem residência fixa para morar, buscando assim, qualidade de vida, sobretudo, segurança para a família.

    Para os estrangeiros que buscam qualidade de vida e dispensam a praia, Orlando oferece boas oportunidades, até mais em conta que em Miami.

    Dessa maneira, é possível comprar imóveis com valores a partir de U$ 200 mil dólares e com metragens superior a 180m², com 3 dormitórios e um conforto superior aos apartamentos brasileiros nesta faixa de preço.

    Contratar uma assessoria jurídica especializada é interessante para acelerar os trâmites comerciais entre um país e outro, mas, de uma maneira geral, não é um processo difícil.

    O primeiro passo é tirar o visto de turista e, contratar um corretor experiente no assunto.

    Caso seja um compra a vista, os tramites são mais rápidos e demoram 30 dias, todavia, se tratar de financiamento, o prazo estende-se para 45 dias.

    Passos para comprar imóvel no exterior.

    – Providenciar passaporte e visto de turista:

    – Para realizar a compra com segurança. Contratar uma consultoria imobiliária com experiência no Brasil e com atuação no exterior é indicado, dessa forma, os trâmites jurídicos são rápidos e os riscos diminuem sensivelmente.

    – Caso a compra seja financiada, é necessário comprovar renda, apresentar imposto de renda e outras informações bancárias;

    – Os principais documentos pedidos pelos bancos americanos são:

    – Aplicação do banco devidamente preenchida com os dados do comprador;

    – Cópia do passaporte e visto válidos;

    -Carta de referência do(s) banco(s), de preferência em inglês. A carta deve mencionar o nome, endereço, data de abertura, saldo atual, outros que vierem agregar;

    -Carta de referência do empregador, de preferência em inglês, mencionando nome, endereço, data do vínculo empregatício, cargo, remuneração anual, bônus, outros que vierem agregar;

    -Caso tenha negócio próprio: carta do contador de preferência em inglês, mencionando a natureza do negócio, nome, endereço, data de início, cargo ocupado, faturamento anual e outros documentos que vierem a agregar.

    -Cópia dos últimos 3 meses de extrato bancário.

    -Comprovante de residência no Brasil: conta de água ou luz.

    – Lista de ativos.

    – Abertura de conta bancária nos Estados Unidos: não é obrigatório, porém, é simples e pode facilitar na economia de taxas e tarifas no momento das transferências de valores.

    O financiamento bancário nos EUA e em bancos na Flórida possuem planos de financiamento direcionados para os compradores estrangeiros.

    Investir em imóveis no exterior

    O plano consiste em 30% de entrada mínima do valor do imóvel, prazo de 30 anos para pagamento e taxas de juros fixas anuais de 5,5%, com possibilidade de haver variação após cinco anos.

    Confira em nosso site as melhores ofertas de imóveis à venda.