35.210

Imóveis em Curitiba - PR

Imóveis Curitiba: tudo que você precisar saber sobre a cidade!

Se você está pensando em investir em imóveis Curitiba pode não ter sido sua primeira alternativa de cidade. No entanto, ao contrário do que a maior parte das pessoas imagina, investir no mercado imobiliário pode ser uma ótima alternativa mesmo em meio à crise que a economia brasileira enfrenta. Ainda mais quando falamos de imóveis em Curitiba.

O motivo para todo este otimismo, além da segurança que um investimento como esse proporciona, é sem dúvida a qualidade e a variedade do estoque ainda disponível na cidade. Conhecida pelo seu crescente desenvolvimento a cidade concentrou boas opções nos últimos anos, o que naturalmente proporciona condições atrativas para quem estava esperando a hora certa de investir.

Enquanto momentos de crise permitem melhores negociações para o comprador de imóveis Curitiba segue crescendo como uma das melhores capitais para se viver no Brasil. Sabendo disso nós resolvemos preparar neste post um guia completo para você que tem interesse de morar ou investir em Curitiba. Confira!

Por que Imóveis em Curitiba?

Conhecida mundialmente como um dos polos da sustentabilidade e da ecologia, Curitiba teve por muitos anos o apelido carinhoso de "Cidade Ecológica". E não era à toa!

Com suas ruas sempre limpas, muitas áreas verdes espalhadas pelos bairros e um projeto de coleta e reciclagem de lixo de eficiência invejável, a capital do Paraná sempre foi sinônimo de limpeza e qualidade de vida para todos que a visitavam ou a escolhiam como moradia. É claro, para os curitibanos nativos também.

Esses últimos especialmente, em sua maioria, nutrem um orgulho grande de serem naturais da cidade. Mesmo que todo o resto do Brasil acredite que as pessoas são frias. De todo modo, atualmente reúnem-se na cidade cerca de 1.9 milhão de habitantes distribuídos ao longo de 75 bairros que ocupam pouco mais de 430 km² de área.

Localizada na região sul a cidade encontra-se no Primeiro Planalto do Paraná, na área leste do estado. Fica a pouco mais de 900 metros acima do nível do mar, o que lhe confere um clima bastante pitoresco para a região. O clima em Curitiba, inclusive, pode ser um vilão para quem não conhece a cidade pois em um mesmo dia todas as estações do ano podem ser sentidas.

No entanto, em linhas gerais, o clima é temperado, com uma temperatura média na casa dos 24º no verão e dos 16º no inverno. Esta última estação pode pregar peças nos desavisados: na época mais fria do ano a cidade chega a registrar temperaturas próximas de 0º e um tempo bastante seco. Nos meses mais quentes o nível de precipitação e a umidade aumentam consideravelmente.

Qualidade de vidaMorar em Curitiba se tornou há tempos sinônimo de qualidade de vida. Não só pela grande quantidade de áreas verdes, e uma organização de fazer inveja a muitas metrópoles europeias.

Mas também pela limpeza das áreas públicas, pela boa relação custo x benefício em relação a outras capitais, e claro, pela qualidade do transporte público, inspiração para o mundo todo com cópias em mais de 80 países. 

Falando em bem-estar urbano, o Observatório das Metrópoles da Universidade Federal do Rio de Janeiro analisou mais de 5 mil municípios brasileiros segundo cinco critérios: condições ambientais, infraestrutura, condições habitacionais, serviços coletivos urbanos e mobilidade urbana. Entre todas as capitais Curitiba ficou em terceiro lugar.

Como se tudo isso já não bastasse a UNESCO ainda escolheu a cidade uma das 15 mais bonitas do mundo, onde Curitiba foi a única representante brasileira. Além disso, segundo o relatório Green City Index a capital paranaense foi considerada a mais sustentável entre 17 grandes cidades latino americanas analisadas. Impossível não se impressionar não é mesmo?

Quais são os melhores bairros para escolher imóveis em Curitiba?

Essa não é uma pergunta fácil de se responder, afinal de contas isso vai depender muito da motivação de quem decide escolher a capital do Paraná como moradia. A facilidade em acessar o centro da cidade poderia ser diferencial na escolha dos bairros, mas como Curitiba conta com um sistema eficiente de mobilidade urbana e transporte público isso automaticamente cai por terra.

Entre os principais bairros podemos destacar em primeiro lugar o queridinho dos curitibanos: o Água Verde. Fazendo divisa com cinco outros bairros importantes — inclusive o Centro — o Água Verde tem forte característica residencial.

De qualquer forma possui uma ampla variedade de opções de comércio, escolas e supermercados. Saindo dali em poucos minutos se está próximo de shoppings, parques, hospitais e até da saída da cidade.

Na cola do Água Verde — literalmente — está o Batel, um dos bairros mais nobres da capital. Repleto de edifícios de apartamentos luxuosos e alguns empreendimentos comerciais, o bairro se destaca pelas opções gastronômicas, bares, restaurantes e shoppings centers. Dois dos mais chiques da cidade inclusive se localizam ali: o Shopping Crystal e o Pátio Batel.

Partindo para o outro lado da cidade logo ao lado do Centro Cívico, sede do governo municipal e estadual, está outro bairro de muita qualidade para se morar: o Cabral.

Com 3 vias expressas de movimento que ligam o Centro ao norte da cidade, esse é um bairro que possui excelentes opções de moradia e um mix completo de estabelecimentos comerciais, entre bancos, supermercados, restaurantes, padarias e toda sorte de comércio.

Por fim, próximos a duas das saídas da cidade estão dois bairros de Curitiba que se assemelham pela proximidade com amplas áreas verdes de lazer. O Cristo Rei, região onde se localiza o Jardim Botânico e o Santo Inácio, bairro vizinho do Parque Barigui.

Em ambos a proximidade com dois dos principais parques e pontos turísticos da cidade traz para o seu morador um ar maior de tranquilidade e qualidade de vida. Tudo isso sem abandonar a comodidade da proximidade com a saída da cidade e dezenas de opções de comércio para todos os gostos.

O que preciso saber sobre a cidade que ninguém nunca contou?

ChinequeNenhum guia sobre Curitiba ficaria completo sem falar das curiosidades que tornaram a cidade conhecida Brasil afora. A principal, sem dúvida, tem a ver com algo que já citamos aqui: o clima. Trocando em miúdos não há como sair de casa em Curitiba sem levar consigo uma blusa, um guarda-chuva e uma roupa mais fresca. Sim, todas as estações podem acontecer no mesmo dia.

Falando em natureza há ainda mais peculiaridades além do clima maluco da cidade. Símbolo do inverno paranaense e apreciado por praticamente qualquer morador de Curitiba, o pinhão é um alimento característico da cidade. Diferente do que a maioria das pessoas pensa ele não é um fruto mais sim a semente da araucária, árvore típica desta região do país.

Do lado animal as capivaras sempre foram conhecidas como um símbolo da cidade. Recentemente até a prefeitura municipal entrou na brincadeira e assumiu o roedor como mascote da capital. Portanto se estiver passeando em um dos mais de 50 parques da cidade e encontrar com uma, fique tranquilo, é normal e os animais já estão acostumados.

Como falamos no começo os curitibanos ficaram conhecidos nacionalmente por serem um povo frio, fechado, e que não dá nem "bom dia" no elevador. Realmente isso é verdade em partes e costuma assustar quem vem de regiões mais quentes do país.

No entanto esta frieza toda é apenas resultado do primeiro contato. Uma vez que você conquiste a confiança de um curitibano nasce aí uma amizade sincera para toda a vida.

Como não poderia ser diferente há ainda todo um dicionário de palavras e expressões que precisam fazer parte do seu vocabulário caso esteja pensando em se mudar para Curitiba. Para um bom curitibano biscoito sempre será bolacha, cerveja será bera e o bom e velho ônibus de todo dia não passa de um busão.

Todo curitiboca que se preze sabe quão delicioso é um chineque de padaria — uma espécie de pão doce coberto de creme de baunilha e farofa. Nenhuma conversa resiste ao dolangue, ou conversa fiada. Mas só não pode ser jacu, ou sem noção, de sair de casa sem levar a japona, típica jaqueta de náilon essencial para enfrentar o inverno curitibano.

Mas se estamos falando de expressões curiosas da cidade não poderia faltar a já tradicional vina, ou salsicha, presença essencial do cachorro quente. Na escola, lápis e canetas ficam guardados no penal e (quase) toda frase termina assim, daí. Todo piá, ou moleque, sabe bem disso.

Curitiba é multicultural?

Museu do Olho em CuritibaO que muitas pessoas não sabem é que Curitiba carrega a cultura em seu DNA. Sob os olhares atentos dos moradores a cidade se destaca como local de dezenas de museus que expõem obras sobre a história da cidade, como a casa Romário Martins, ou ainda daqueles espaços de exposições renomadas de arte, como o famoso Museu Oscar Niemeyer.

Na literatura e no teatro, no entanto, é que a cidade mais se destaca. A capital do Paraná é o local de nascença e inspiração de dois dos maiores escritores brasileiros: Dalton Trevisan e Paulo Leminski. Este último, inclusive, por ser também poeta e compositor batiza a Pedreira Paulo Leminski, pedreira desativada que se tornou passagem obrigatória para artistas musicais de todo o planeta.

Na arte dos palcos e coxias a cidade é sede do Festival de Teatro de Curitiba, evento anual e um dos mais renomados festivais de teatro do país. Desde 2002 reúne atrações nacionais e internacionais que já atingiram a marca de mais de 1,5 milhão de espectadores.

Além do Festival, o Teatro Guaíra, a Ópera de Arame e o Teatro Paiol se destacam entre as principais casas de espetáculos da cidade. Este último, inclusive, é orgulho de muitos curitibanos pois o espaço chama atenção pela acústica quase perfeita conquistada pela estrutura que transformou o antigo paiol de pólvora em palco teatral.

O folclore e a música também aparecem entre os pontos que caracterizam Curitiba como uma cidade multicultural. Berço de grande imigração ao longo dos anos que sucederam a independência do Brasil, Curitiba tem grandes colônias de imigrantes que anualmente promovem encontros para valorizar suas culturas.

Poloneses, alemães e ucranianos mantém vivas suas raízes em clubes espalhados pela cidade que carregam a ancestralidade como marca de sua cultura. Italianos ocupam praticamente um bairro inteiro — Santa Felicidade — conhecido mundialmente pelos seus restaurantes típicos e intensa vida cultural. Além, é claro, dos japoneses que anualmente promovem os seus Matsuris, ou Festivais da Imigração. 

Vale a pena investir em imóveis em Curitiba?

Investimento em imóveisA principal razão que motiva o investimento em imóveis é a segurança que eles oferecem diante de um cenário de potencial instabilidade financeira. No caso de Curitiba há ainda outros fatores que favorecem esta escolha diante de outras alternativas de aplicação financeira. Se você deseja aproveitar o contexto e superar as expectativas nos próximos anos devemos dizer: a hora é agora.

Tudo o que falamos até agora sobre a cidade possivelmente tenha te deixado surpreso diante de tantos pontos positivos da capital paranaense. Esta condição do município com alta qualidade de vida e uma boa colocação na lista das melhores capitais do Brasil para morar é justamente o que motiva o investimento em imóveis em Curitiba.

Entre as principais alternativas para a cidade no quesito investimento podemos destacar as salas comerciais e os apartamentos compactos, geralmente com 1 quarto ou por vezes até no modelo kitnet/stúdio open space.

As primeiras opções se devem principalmente ao crescimento da cidade enquanto pólo de negócios com a instalação de escritórios de grandes players nacionais e multinacionais. Naturalmente isto impacta no surgimento de imóveis comerciais e no desenvolvimento de empreendimentos para negócios de alto padrão.

Na outra ponta estão os kitnets para alugar em Curitiba muito utilizados por estudantes e casais novos, que na ânsia de conquistar a independência acabam optando pelo aluguel. Especialmente quando falamos dos estudantes este investimento faz ainda mais sentido.

A cidade conta com 3 das principais universidades particulares do país e a sua Universidade Federal do Paraná que anualmente recebe novos alunos dos 4 cantos do país. Há inclusive um movimento que inclui o surgimento de novos empreendimentos neste modelo nas áreas próximas aos campi destas instituições.

Comprar imóveis em Curitiba pode ser uma experiência vasta e prazerosa com opções para todos os gostos e bolsos. Diante do crescimento e do potencial de desenvolvimento futuro da cidade esta lógica faz ainda mais sentido. Claro, sempre lembrando que investimento em imóveis se faz com a cabeça e não com o coração. Ou seja, se não for para trazer um bom rendimento melhor não fazer.

Além disso vale destacar que há na cidade uma ampla variedade de cartórios de registro de imóveis, o que favorece e muito a vida de quem faz esse tipo de investimento. Veja os endereços:

1ª Circunscrições - Renato Pospissil - R. Carlos de Carvalho, 417, 12º andar

2ª Circunscrições - Milene Name - R. Ébano Pereira, 436

3ª Circunscrições - Leila Urbam - R. Emiliano Perneta, 297 - 10º andar

4ª Circunscrições - Eneide Schwab - R. Cândido de Leão, 45 - 3º andar

5ª Circunscrições - Luiz Boscardin - R. Nunes Machado, 695 - 4º andar

6ª Circunscrições - Abrahão Deli - R. Comendador Araújo, 323 - 7º andar

7ª Circunscrições - Irani Villen - Av. Marechal Floriano Peixoto, 366 - 5º andar

8ª Circunscrições - Ítalo Junior  - R. José Loureiro, 133 - 18º andar

9ª Circunscrições - Astrogildo Gobbo - R. Voluntários da Pátria, 475 - 5º andar

Quais são os pontos turísticos imperdíveis da cidade?

Patos no Parque BariguiVocê já deve ter percebido ao longo do texto que são muitas as opções imperdíveis de turismo na capital paranaense. Como já falamos, entre os parques o destaque fica para o Parque Barigui e o Jardim Botânico, dois dos principais cartões postais da cidade.

Se você é da tribo dos esportes a primeira opção é a ideal. Já para os amantes das plantas o segundo oferece uma bela vista dos jardins e da já tradicional estufa botânica.

Entre as outras opções de parques vale uma visita ao Parque Tanguá, que possui uma belíssima cascata para ser admirada ao pôr do sol, e o Bosque Alemão, que conta ao longo de sua trilha a famosa história de João e Maria, dos igualmente famosos Irmãos Grimm.

Dentre as alternativas mais urbanas a região do Centro Cívico se destaca pois é ali que se encontram os prédios do governo municipal e estadual, além do amplamente conhecido Museu Oscar Niemeyer. Também chamado de Museu do Olho, o espaço é uma obra do arquiteto que batiza o museu e possui amplas galerias de exposição que já receberam mostras dos mais renomados artistas nacionais e internacionais.

Falando em arquitetura, para os amantes da arte a visita imperdível é a Ópera de Arame e o Largo da Ordem. A primeira é um teatro conhecido como uma das principais obras em Curitiba. Construído todo em metal ele tem paredes transparentes, está sobre um lago e tem capacidade para mais de 1500 espectadores sentados.

Já o Largo da Ordem, ou Centro Histórico, é o berço da capital paranaense onde os tropeiros e viajantes que passaram pela região na época da fundação do município davam de beber aos seus cavalos.

Antes de mais nada vale lembrar que todos pontos turísticos da cidade podem ser visitados por meio da linha de turismo, um ônibus preparado para isso e que circula a cidade passando por todos os pontos turísticos. Os ingressos são pagos por pessoa e dão direito a 4 desembarques.

A fonte original continua exposta em uma das ruas, com dezenas de casas da época colonial que hoje abrigam desde lojas a estabelecimentos gastronômicos. Aos domingos a região é conhecida por receber a tradicional Feira do Largo da Ordem com mais de 1000 barracas com todo tipo de produtos feitos por artesãos locais.

Nenhuma cidade que se preze pode ter turismo de qualidade se não houver um ponto turístico que permite que ela possa ser vista de cima. Curitiba oferece duas opções. A mais emocionante é o passeio de helicóptero que sai do Parque Barigui, sobrevoa a cidade e permite uma visão linda, em especial nos dias de tempo limpo.

Torre Panorâmica de CuritibaA mais tradicional, no entanto, é a visita à Torre Panorâmica de Curitiba. Antigamente conhecida como Torre da Telepar, esta é uma construção que serviu por muito tempo como hospedagem de antenas e aparelhos de telefonia. Com o tempo ela se tornou também ponto turístico e do alto dos seus 109 metros de altura é possível ter uma visão panorâmica geral da cidade.

Já se a sua preferência é por apreciar a boa gastronomia, sua visita à Curitiba não pode acontecer sem uma refeição em Santa Felicidade. O bairro, originalmente ocupada por imigrantes italianos, hoje conta com uma rua em que se pode comer da melhor culinária siciliana apreciando um bom vinho produzido ali mesmo na região.

Além da experiência italiana existem ótimos restaurantes em Curitiba para todos os paladares e bolsos — dos mais sofisticados aos mais humildes. Se na hora de buscar uma boa refeição não surgirem ideias boas o suficiente, os diversos pólos gastronômicos que tem surgido na cidade são a certeza de uma excelente escolha.

Para quem tem um pouco mais de tempo e pode também explorar as regiões próximas à capital é possível fazer o passeio de trem que desce a Serra do Mar até Morretes. Além da descida que mostra toda a magia da mata atlântica nativa, na cidade litorânea é possível apreciar toda a beleza da arquitetura colonial e se deliciar com o Barreado, tradicional prato da culinária do Paraná.

Como falamos lá no início deste conteúdo, se você um dia pensou em investir em imóveis Curitiba provavelmente demorou para entrar em seu radar como as possíveis alternativas de cidade. No entanto, sabendo de todas as belezas e características que a cidade carrega fica difícil não considerar esta possibilidade, não é mesmo?

Se a sua opção ao investir em imóveis for para morar, a cidade ganha ainda mais pontos em detrimento de outras capitais. Afinal de contas em qual outra cidade é possível ter segurança, qualidade de vida, comodidade e ainda assim estar tão perto de áreas verde?

Isso sem falar na qualidade e na variedade que o estoque de imóveis da cidade proporciona aos interessados no segmento imobiliário. Com um crescimento de fazer inveja a cidade não para de expandir para os bairros, que seguindo a tendência de desenvolvimento urbano vão criando polos em suas localidades.

Momentos de crise são ótimos para quem procura boas negociações e condições de pagamento bastante satisfatórias. Seja para morar ou alugar, se sua busca é por qualidade de imóveis, Curitiba é sem dúvida a cidade ideal. A hora é agora e a capital do Paraná é o seu lugar.

Continue navegando em nosso site e conheça excelentes opções de terrenos à venda em Curitiba!

Compare o preço de Imóveis em Curitiba

IMÓVEL BAIRRO VALOR
Apartamento com 2 quartos à venda Capão Raso R$245.000
Casa em condomínio com 5 quartos à venda Campo Comprido R$1.150.000
Apartamento com 1 quarto para alugar Centro R$950
Terreno/Lote à venda Santa Cândida R$300.000
Casa/Sobrado com 3 quartos para alugar Jardim das Américas R$2.950
Cobertura com 2 quartos à venda Hugo Lange R$480.000
Terreno/Lote à venda Bigorrilho R$2.850.000
Apartamento com 1 quarto para alugar Centro R$550
Apartamento com 3 quartos à venda Cristo Rei R$300.000
Sala comercial com 2 salas para alugar Bigorrilho R$1.198
Apartamento com 2 quartos à venda Sítio Cercado R$172.900
Apartamento com 3 quartos à venda Mossunguê R$500.592
Casa/Sobrado com 2 quartos para alugar Jardim das Américas R$700
Apartamento com 2 quartos à venda Cidade Industrial R$150.000
Sala comercial para alugar Centro Cívico R$1.700
Apartamento com 1 quarto à venda Alto da XV R$229.000
Apartamento com 2 quartos à venda Juvevê R$339.000
Apartamento com 2 quartos para alugar Cidade Industrial R$620
Apartamento com 2 quartos à venda Cidade Industrial R$250.000
Casa/Sobrado com 3 quartos para alugar Santa Cândida R$980

Filtros aplicados

Curitiba/PR
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10