Conheça o bairro Centro Cívico

    Apesar de, durante o dia, a região ser cenário de importantes tomadas de decisões políticas, o Centro Cívico é um bairro predominantemente residencial.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Bairro Centro Cívico.

    O Centro Cívico, conhecido por concentrar os três poderes do Paraná – Legislativo, Executivo e Judiciário –, surgiu como proposta no Plano Agache, na década de 1940, planejada pelo urbanista francês Alfred Agache, convocado para dar à cidade os mesmos ares de evolução que outros municípios vinham recebendo.

    Idealizada como uma área voltada para o cidadão, e implantada em 1953, pelas mãos do então governador Bento Munhoz da Rocha, no centenário de emancipação política do estado, a Região do Centro Cívico foi construída a fim de mostrar que o Brasil estava se reinventando, com uma arquitetura modernista.

    Com a centralização dos edifícios dos três poderes em uma única região, Curitiba antecedeu Brasília, inspirando o futuro presidente da República, Juscelino Kubitschek, a construir a capital do país.

    Apesar de, durante o dia, a região ser cenário de importantes tomadas de decisões políticas, o Centro Cívico é um bairro predominantemente residencial, e de leveza característica – graças as suas árvores, especialmente as Araucárias, espalhadas em diversos pontos estratégicos do bairro –, e faz divisa com os bairros Juvevê, Alto da Glória, Ahú, São Francisco e centro de Curitiba.

    No final de agosto de 2011, o Centro Cívico foi tombado como conjunto urbano e arquitetônico.

    A partir de então, os edifícios do eixo central da Avenida Cândido de Abreu, incluindo a Praça 19 de Dezembro, o Colégio Estadual Tiradentes, a prefeitura de Curitiba, os Tribunais de Justiça, de Contas e do Júri, o Palácio Iguaçu e o Museu Oscar Niemeyer, passaram a ser protegidos como patrimônio histórico. A Praça Nossa Senhora da Salete e o conjunto urbano (ruas e calçadas) também foram incluídos.

    Embora o Centro Cívico de Curitiba não concentre todas as Secretarias de Estado do Paraná, conforme idealizava seu Plano original, que incluía também secretarias como as de Fazenda, Saúde e Educação, a inauguração do Palácio das Araucárias, em 2007, e a posterior reforma do Palácio Iguaçu, revitalizaram o bairro como sede dos principais órgãos do Governo Estadual.

    Hoje, ao redor da Praça Nossa Senhora de Salette, no coração do Centro Cívico, localizam-se:

    Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo Estadual;

    Assembleia Legislativa do Paraná, sede do Poder Legislativo Estadual;

    Tribunal de Justiça do Paraná, sede do Poder Judiciário Estadual;

    Tribunal de Contas do Estado do Paraná, órgão vinculado à Assembleia Legislativa;

    Palácio das Araucárias, sede das Secretarias Estaduais de Administração, Planejamento, Justiça e Casa Civil;

    Palácio 29 de Março, sede da Prefeitura Municipal de Curitiba, capital do Estado do Paraná.

    Além dos edifícios do governo, o Centro Cívico também abriga o shopping Mueller, um dos mais famosos de Curitiba, assim como restaurantes, teatros, o Museu Oscar Niemeyer – conhecido como Museu do Olho –, escolas, prédios comerciais e residenciais, além de ruas importantes da cidade, como a Mateus Leme.

    Confira em nosso site imóveis à venda no Centro Cívico.