Cuidados que podem evitar problemas durante a mudança

    Cuidados antecipados podem evitar problemas durante a mudança, como a quebra de objetos, por exemplo, durante todo o transporte de mobília para a casa nova.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Uma mudança é a realização de um sonho para muitas pessoas, e um momento que gera ansiedade, mas também pode representar muita dor de cabeça, caso algumas medidas básicas não sejam tomadas.

    Saber escolher a empresa que fará a mudança e se organizar antecipadamente pode garantir uma mudança mais tranquila.

    Na internet há vários sites especializados onde é possível, inclusive, agendar uma mudança online.

    Independente da forma escolhida, a principal orientação é buscar referências da empresa escolhida para o transporte.

    E, além disso, também é importante verificar se empresa já fez serviços especializados, como mudança de apartamentos, já que o tamanho do novo imóvel não pode ser deixado de lado na hora de planejar uma mudança.

    Há casos em que os apartamentos possuem vãos de passagem e circulação menores, que impedem a entrada de determinados utensílios ou móveis, os quais precisam ser içados por meio de serviços especiais.

    Ainda é necessário planejamento e organização na hora de separar os itens de cada cômodo, encaixotá-los e etiquetá-los para que tudo não se transforme em uma grande bagunça.

    O planejamento e organização são fundamentais para poder reduzir o caos antes, durante e depois do dia da mudança.

    O ideal é começar a embalar os objetos de um cômodo por vez, pelo menos uma semana antes da data prevista para o transporte dessa mudança.

    Se deixar para embalar tudo na véspera pode comprometer a organização.

    Louças, cristais e demais utensílios e itens de pouco uso no dia a dia, podem ser embalados com certa antecedência.

    Quanto mais preparado emocionalmente e fisicamente estiver, menos desgaste sentirá e mais cedo poderá instalar-se e aproveitar a nova casa.

    Já a organização das roupas deve ser feita conforme o uso. Em ambientes como o dormitório, é necessário que se separe roupas, sapatos, bolsas, enxoval e outros, sempre dando prioridade para as peças de menos uso, deixando por último o que não consegue ficar sem até o dia da mudança.

    Na cozinha, a geladeira é a última a sair e a primeira a entrar na nova residência, visto que precisamos dela para gêneros de primeiro consumo.

    Papelão, plásticos resistentes e engradados de madeiras são as embalagens mais adequadas para proteger móveis e os eletrodomésticos como microondas e máquinas de lavar.

    Mas é preciso dar atenção extra aos materiais mais frágeis. Por menor que seja o volume na mudança, sempre é bom ter materiais de apoio para embalar os objetos como caixas de papelão para acomodar livros, CDs e DVDs, utensílios de cozinha e louças.

    Plástico bolha deve ser usado para envolver itens como geladeira, fogão, microondas e a TV, que podem sofrer danos com o transporte.

    Feito isso, boa mudança!

    Confira em nosso site as melhores ofertas de imóveis à venda.