É motoqueiro? Confira dicas de pilotagem segura de moto!

    Nós selecionamos algumas dicas de pilotagem segura de moto. Você perceberá que guiar uma moto de forma totalmente segura é algo plenamente possível.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão1 ano atrás

    Se pilotar um veículo de duas rodas é algo incrível, o número de acidentes que acometem motociclistas também é.

    De acordo com dados do Infosiga SP (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), o índice de acidentes com motos em janeiro de 2018 cresceu cerca de 29% na capital paulista em relação ao mesmo período do ano anterior. Nos casos de acidentes fatais, o número quase chega a 50%.

    Quando se trata de guiar um veículo, nada se compara à sensação de liberdade proporcionada por uma moto. Essa é uma característica intocável, única e incomparável.

    No entanto, nenhum motociclista pode desprezar os riscos que o cercam — seja nas vias urbanas, seja nas rodovias. Daí a urgência de você se familiarizar com as melhores dicas de pilotagem de moto.

    Cientes de que você deseja se esquivar dessas perigosas estatísticas, nós selecionamos algumas dicas de pilotagem essenciais.

    Você perceberá que guiar uma moto de forma totalmente segura é algo plenamente possível. Boa leitura e uma excelente viagem!

    Use o equipamento de segurança adequado

    Nós vamos começar com o básico, que se refere aos itens de segurança que devem ser usados por qualquer motociclista precavido.

    A utilização de capacete é um cuidado mínimo. O mais recomendável é que você reforce a segurança com a adoção de uma calça e uma jaqueta.

    Essa jaqueta deve, preferencialmente, conter aquelas proteções extras nos ombros e na região dos cotovelos.

    Contudo, também é necessário tomar cuidado com os exageros na hora de escolher o traje de proteção.

    Caso você seja um motociclista iniciante, isso significa que ainda estará naquela fase de acumular rodagem com a moto. Assim, um traje exagerado pode prejudicar o ganho de experiência com a pilotagem da moto.

    Afinal, durante esse início de convívio, as velocidades devem — sem exceção — ser rigorosamente reduzidas. Nesse sentido, o excedente de roupa pode atrapalhar, em vez de ajudar.

    Mantenha um bom equilíbrio e uma postura tranquila ao controlar o guidão

    Foto: Reviewmotors

    O nervosismo tende a enrijecer o corpo. O resultado é uma postura totalmente inapropriada para que se tenha uma condução eficaz da moto.

    Um dos segredos de uma pilotagem segura é, justamente, a manutenção de uma postura natural. Por outro lado, vale frisar que você também deve usar uma significativa força física para conduzir a motocicleta.

    Logo, é necessário encontrar um equilíbrio entre essa força e o relaxamento. Mas como fazer isso?

    Experimente estabelecer uma conexão com a motocicleta. Para isso, você só precisa comprimir suavemente o tanque da moto com os joelhos.

    Dessa forma, o seu corpo e a moto formarão um bloco único, o que tornará a condução do veículo muito mais fluida e segura. Simultaneamente a isso, basta controlar o guidão com certo vigor.

    Saiba que a transformação de moto e piloto em um único conjunto é um dos conceitos mais básicos quanto ao aprimoramento de condução de uma motocicleta.

    Diante da necessidade de guiar em curvas fechadas, alterar direções ou mesmo frear, você executará essas operações com muito mais conforto e segurança.

    Aprenda a usar os freios da sua moto

    Foto: Doutor Multas

    Infelizmente, muitas autoescolas insistem em informar ao estudante que o freio dianteiro das motocicletas é praticamente irrelevante. Porém, se o freio dianteiro existe, é por uma boa razão.

    Na prática, seu uso é muito recorrente. A aprendizagem da frenagem de uma moto é algo vital para a sua segurança no trânsito. Logo, não negligencie o domínio desse mecanismo.

    O nível de habilidade de frenagem também depende da prática. Para frear com maestria e não tomar sustos no trânsito, pratique o uso dos freios em ruas vazias.

    Aproveite para testar os freios dianteiro e traseiro em velocidades alternadas, observando a diferença de frenagem proporcionada por cada um deles. Dessa forma, você saberá exatamente em quais situações deve utilizar um ou outro.

    Na prática, você deve notar que o freio dianteiro é mais importante na hora de parar a moto, enquanto o traseiro cumpre mais a função de equilibrar o veículo no decorrer do processo de desaceleração.

    Mantenha-se bem visível para os demais condutores de veículos

    Foto: Infomoto

    Assim como no caso dos ciclistas, os motociclistas precisam encontrar meios de se destacar no trânsito, principalmente à noite. Nesse sentido, convém considerar a utilização de coletes com material refletivo.

    Na pior das hipóteses, use, ao menos, um colete que tenha essa característica.

    O farol e as lanternas traseiras também merecem muita atenção. Em se tratando do primeiro item, ele sempre deve permanecer aceso. No caso do segundo, a manutenção das lâmpadas precisa ser constante. O ideal é que, inclusive, você tenha lanternas extras.

    Tenha cautela em vias urbanas e estradas malcuidadas

    Devido à sensibilidade das motos quanto ao contato com o solo, cabe a qualquer motociclista guiar o veículo conforme as condições impostas pelos diferentes pavimentos.

    Em outras palavras, você deve saber por onde anda, pois a moto reage de uma maneira bem particular a cada tipo de pavimento, que podem ser lisos, secos, ondulados, destituídos de asfalto ou ainda conter areia (comum em áreas litorâneas).

    Você precisa se adaptar às condições da pista e conduzir a moto da melhor maneira possível. Portanto, mantenha-se concentrado na pista e não hesite em reduzir a velocidade, caso seja necessário.

    Saiba como posicionar sua motocicleta na pista

    Muitos acidentes envolvendo motos acontecem por conta da invisibilidade desse tipo de veículo. A precaução sempre deve falar mais alto.

    Logo, jamais tente adivinhar o que se passa na cabeça de outro condutor (de carro, ônibus, caminhão ou outra moto). Você deve, sim, calcular os movimentos de todos eles, mantendo-se um passo à frente das cenas seguintes.

    Para evitar qualquer tipo de dúvida, posicione a moto nos pontos certos da pista. Evite ficar atrás de carros que impossibilitem a visualização dos veículos da frente, por exemplo. Ao olhar nos espelhos retrovisores, verifique se você consegue contato visual com os outros motoristas.

    Na hora de pegar a estrada, redobre a atenção. Mantenha uma distância de aproximadamente 15 metros do veículo situado à frente. Esse espaço pode ficar ainda maior, caso a velocidade aumente.

    O importante é que você e sua motocicleta estejam a uma distância suficiente para a execução de uma manobra rápida e emergencial, se necessária.

    Com essas ótimas dicas de pilotagem de moto, com certeza, você guiará a sua motocicleta com muito mais confiança e segurança. Lembre-se de que o segredo da precisão dos movimentos está ligado à prática. Portanto, pratique sempre que possível!

    Agora, tudo o que você precisa fazer é compartilhar essas lições de pilotagem nas suas redes sociais e manter os amigos muito bem-informados!