Baia de cavalo: Aprenda a construir uma na sua chácara ou fazenda

    Se você deseja criar equinos, saiba que é fundamental ter um tratamento especial. Confira dicas de como construir uma baia de cavalo.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão3 anos atrás

    Veja como construir uma baia de cavalo!

    Muitos criadores não entendem a importância de ter uma baia de cavalo de qualidade em sua chácara ou fazenda. Esses espaços destinados aos equinos garantem bem-estar e saúde aos animais, já que possibilitam uma criação de qualidade e de forma humanizada.

    As baias existem para proteger os cavalos de fatores externos, como chuva e sol em excesso, mas também garantem um espaço saudável e seguro para que eles se desenvolvam corretamente. Por serem tão importantes, qualquer erro na construção das baias pode adoecer os animais e até levá-los à morte.

    Por isso, muito mais do que ter uma chácara ampla, é necessário preparar os ambientes para receber os animais que você deseja criar. Independentemente do número de cavalos, optar por uma baia muito simples ou improvisada pode ser um erro grave.

    A boa notícia é que, hoje, os serviços estão cada vez mais acessíveis e seguros. As opções de materiais e de arquitetos especializados em baias de cavalos são inúmeras, garantindo um resultado de qualidade.

    Nesses casos, a desinformação é a maior inimiga. Para solucionar esse problema para você, preparamos este post mostrando o que é essencial e como evitar erros frequentes. Quer saber como construir uma baia de cavalo perfeita na sua propriedade? Confira as dicas a seguir!

    Devo me preocupar com a aparência da baia?

    Antes de se desesperar e sair em busca de materiais caros para a construção da baia, é preciso entender que nem sempre eles são importantes. Você pode utilizar madeira ou tijolos, não faz diferença. O que vale, mesmo, é considerar aspectos como ventilação, tamanho, conforto e visualização.

    Não atente para a aparência do espaço. Pode ter certeza que um lugar aconchegante e seguro será muito mais importante para o seu cavalo.

    Profissionais experientes no assunto podem garantir materiais acessíveis e com um resultado satisfatório, focado sempre o bem-estar do animal.

    Confira esse vídeo com algumas dicas para construção e manutenção da baia:

    Qual deve ser o tamanho do espaço?

    As baias individuais devem ter, no mínimo, 12 metros quadrados, embora a metragem ideal seja de 16, ou seja, 4 x 4m.

    Esse espaço garante que o animal consiga se movimentar e até se alimentar. Lembre-se de que espaços muito limitados estressam os cavalos, o que pode desencadear agressividade excessiva, doenças, atrofias musculares e até a morte.

    O tamanho correto também contribui para uma boa noite de sono, essencial para a qualidade de vida de qualquer animal.

    Uma baia confortável garante que o seu animal esteja saudável e que desempenhe suas atividades com qualidade.

    Como deve ser o cocho?

    Os cochos de comida e água precisam estar a uma altura correta; de 30 a 60 cm a partir do chão. Isso facilita a hora da alimentação do cavalo e o deixa mais confortável. Alguns especialistas sugerem cochos ainda mais baixos, para favorecer o alongamento do pescoço e das costas, que são os movimentos naturais da espécie e mantêm a musculatura em dia. A profundidade também é importante e deve ser de cerca de 20 centímetros.

    Procure utilizar materiais que facilitem a limpeza dos cochos, que devem ser higienizados com frequência, para evitar contaminações.

    Os mais modernos também podem optar por cochos automatizados. Eles ajudam a repor água e comida e facilitam o trabalho dos criadores. Outra vantagem é que o cavalo nunca sente a falta do alimento, deixando-o mais satisfeito e calmo.

    É importante salientar, no entanto, que mesmo os cochos automáticos exigem limpeza diária, já que também podem acumular sujeira e favorecer a aparição de bactérias.

    E as portas da baia, como devem ser?

    Esse item também favorece uma ventilação uniforme no espaço do animal. O ideal é que a porta tenha duas partes, uma superior e outra inferior.

    Baia para equinos

    Essa característica favorece a movimentação do animal e faz com que ele tenha espaço para manter parte do corpo para fora da baia. A socialização é importante para o animal e isso ajuda que ele, mesmo em espaço limitado, interaja com seus cuidadores.

    Isso também é importante para que ele observe os outros animais, deixando-os mais mansos e calmos.

    Devo me preocupar com a iluminação?

    Sim, e muito! A iluminação da baia deve ser predominantemente natural. Além de permitir que você economize com energia elétrica, isso favorece a saúde e o desenvolvimento dos cavalos.

    Ambientes arejados mantêm o espaço salubre e longe de microrganismos nocivos à saúde do homem e do cavalo.

    Mesmo assim, é importante que tenha luz artificial para os cuidados à noite. Mas não exagere: esses animais enxergam muito bem no escuro.

    O piso deve atender a alguma exigência?

    Para escolher o piso ideal para a baia da sua propriedade, é preciso levar em conta sua facilidade em reter odor e umidade. É importante que o ambiente esteja sempre higienizado, e um piso adequado ajuda na hora da manutenção. Ele também deve evitar o aparecimento de fungos e bactérias.

    Existem opções no mercado de pisos antiderrapantes e resistentes a impactos, o que diminui a tensão nos tendões dos pés dos cavalos.

    Os mais utilizados são pisos de cimento cobertos por maravalha ou serragem, mas alguns pisos sintéticos, de borracha ou plástico, também podem ser uma boa opção.

    Que erros devo evitar na hora de construir baia para cavalos?

    Agora você já aprendeu tudo o que deve ser feito para uma baia de qualidade, não é mesmo? Veja abaixo como evitar os erros mais comuns, que podem comprometer a construção e a saúde do seu animal.

    Construir a baia no local errado do terreno

    É preciso levar em conta onde a baia será construída antes de começar a erguer o primeiro tijolo. Para saber qual o espaço ideal, veja se ele tem acesso facilitado, para auxiliar na entrega de materiais e rações.

    Também deve ser verificado se o animal não sofrerá muito estresse ou se não correrá risco de ser atingido por veículos.

    Áreas mais baixas do terreno também devem ser evitadas, já que podem acumular água em épocas de chuva.

    Errar na orientação da construção

    Embora alguns criadores acreditem que a orientação norte-sul seja a mais correta, essa não é necessariamente uma regra.

    Tudo depende de como é o seu terreno e de onde você mora.

    O ideal é você levar em conta o vento que prevalece na região e construir a baia de uma forma que favoreça a entrada de luz solar. Priorize a ventilação durante todo o dia e garanta a criação de animais saudáveis.

    Não contratar profissionais especializados

    Profissionais especializados em design equestre e na construção de espaços rurais são fundamentais para um resultado de excelência.

    Isso porque arquitetos que já carregam essa experiência sabem planejar o espaço da melhor maneira, unindo economia e qualidade de vida para os animais que você cria. Instalações bem pensadas são mais seguras e garantem facilidade nos cuidados diários.

    Economizar a qualquer custo

    Nós sabemos que ninguém quer jogar dinheiro fora. Mesmo assim, é importante destacar que economizar sem levar em conta o bem-estar do animal é um dos maiores erros que podem ser cometidos.

    Procure atender às exigências com relação ao tamanho das baias e da estrutura geral da construção. Tentar diminuir os espaços para poupar alguns reais pode comprometer toda uma criação, fazendo com que a economia tenha sido ilusória.

    Não abra mão de um corredor amplo, que permita que dois animais andem ao mesmo tempo e que favoreça os movimentos do cavalo sem que ele se machuque.

    Baia para equinos

    Os cuidadores também devem realizar suas atividades com conforto, evitando acidente com os animais ou com equipamentos.

    Não levar em conta a região onde mora

    Embora existam regras gerais para construção de baia de cavalo, é preciso que o proprietário considere fatores como o clima e a umidade da região. Isso porque alguns materiais podem ser menos adequados, comprometendo o resultado da construção e, consequentemente, sua criação de cavalos.

    Profissionais especializados podem prestar essa consultoria e fornecer alternativas eficazes para o clima da sua chácara. É importante verificar fatores como durabilidade, qualidade, facilidade de manutenção e preço.

    Não fique limitado à análise de materiais somente para teto e cochos, por exemplo. Avalie com atenção o melhor revestimento para paredes, portais e divisórias.

    Reservar um espaço para a criação de cavalos em sua chácara pode ser bastante prazeroso para seus momentos de lazer, mas é essencial que você tenha cuidado na construção das baias, para garantir o bem-estar e a saúde dos cavalos.

    Algumas raças exigem cuidados diferentes. Nesses casos, o ideal é você conversar com um médico veterinário, para atender a essas demandas.

    Viu como construir uma baia de cavalo não precisa ser um bicho de sete cabeças? Sente-se pronto para começar a sua criação ou melhorar o espaço dos seus animais?

    Aproveite para assinar nossa newsletter. Você receberá nossos conteúdos exclusivos diretamente em sua caixa de entrada, ajudando-o na busca por propriedades e também na construção de espaços especiais para sua chácara!