Como integrar a cozinha americana à sua sala?

    Ambientes integrados como cozinha americana e sala de jantar ou de estar precisam parecer um cômodo só. Mas como isto seria possível? Veja.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão3 horas atrás

    Quantas vezes você já ouviu falar sobre ‘integração de ambientes’? É que ultimamente as pessoas têm considerado mais a ideia de unir os espaços da casa para fazer os imóveis parecerem mais amplos. 

    Aliás, esta é uma estratégia perfeita para residências compactas. E mesmo grandes construções contemporâneas vão apresentar cozinha americana ou cozinha gourmet integrada à sala de jantar e sala de estar.

    Agora, por que será que esse tipo de coisa acontece? Talvez seja porque o modelo tradicional de moradia – como conhecemos – ficou ultrapassado e o modo de vida atual das pessoas exija uma solução diferente, que pode ser a cozinha americana. 

    O que você acha disso? Concorda com essa ideia? E como será que isso impacta os projetos de arquitetura e decoração de interiores? É o que você verá no texto a seguir.

    Marina Turnes


    Explicando melhor todo o conceito de arquitetura com cozinha americana

    Claro, é possível que você não tenha certeza sobre que tipo de arquitetura pode ser classificada como tendo cozinha americana. Bem, primeiro, este modelo de arquitetura costuma apresentar muitos ambientes integrados. 

    A cozinha americana, que é um tipo de ambiente integrado, pois fica aberta para ambientes como sala de jantar e sala de estar, está dentro dessa lista de junções realizadas como estratégia para ampliar cômodos.

    Claro que existe uma diferença entre a integração chamada de cozinha americana e aquela chamada de cozinha gourmet. Ambas as cozinhas possuem um conceito muito semelhante. 

    A ideia é que pessoas que estejam realizando atividades diferentes possam conviver juntas no mesmo espaço, incentivadas a se comunicarem e se unirem em familiar. Mas a cozinha americana fica limitada por um balcão de serviços, enquanto a gourmet é mais aberta.

    Favorita Movdecor FavoritaCarla Cuono Arquitetura e Interiores

    De todo modo, tanto a cozinha americana quanto a cozinha gourmet apresentam muito mais vantagens. Para a arquitetura, trata-se de uma solução que otimiza áreas compactas e auxilia na distribuição de luz e ventilação natural. 

    Já para os moradores, a cozinha tipo americana oferece mais oportunidades de interação social, uma atmosfera mais moderna e uma planta baixa mais flexível – onde os cômodos não são definidos pela sua função inicial.

    Altera Arquitetura

    Alterações de arquitetura e decoração necessárias para a criação de cozinha americana

    Quase todos os novos empreendimentos vêm com essa proposta de cozinha tipo americana – isso tem agradado bastante os jovens compradores. Agora, também é possível reformar móveis antigos, alterando as suas plantas para que tenham cozinha americana. 

    Mas muita atenção com isto. É preciso sempre consultar previamente a opinião de um especialista em estruturas, ou seja, de um arquiteto ou engenheiro civil.

    E por que dizemos isto? É que alterações como esta envolvem a retirada de paredes e talvez a alteração de posição de pilares, fora uma possível criação de reforço estrutural. 

    E esse é o tipo de coisa que deve impactar seriamente a estabilidade das estruturas das residências, pondo em risco a segurança dos moradores. Contudo, se essa obra foi bem feita, seguindo as normas e recomendações de especialistas, nada deve dar errado.

    Monise Rosa

    Uma cozinha americana tradicional deve ter uma meia parede a separando da sala de jantar ou da sala de estar ao lado. 

    Em outros casos, prefere-se deixar todo o vão livre para a instalação de um balcão em marcenaria sob medida acompanhado de banquetas. E nesta linha existem diversas soluções criativas e diferentes – basta conferir os exemplos apresentados nas imagens deste texto.

    Mas, calma, porque antes dessa alteração arquitetônica é preciso verificar se justamente neste ponto do imóvel não existe a passagem de encanamentos embutidos na parede. Às vezes, é possível desviar este caimento. 

    Porém, pode acontecer de ser preciso deixar um pequeno pilar no meio desta integração – algo que precisará ser disfarçado por meio de estratégias de design e decoração.

    Isabela F.

    Soluções para a integração de cozinhas e salas decoradas

    Muitas soluções de decoração nada mais são do que efeitos visuais. Um falso pilar para a passagem de dutos, por exemplo, pode ficar invisível ao olhar se for envolto de placas de espelhos. 

    Outra coisa que pode comprometer a integração de cozinhas e salas são os desníveis de teto, amenizados com rebaixo de gesso. E o piso também não deve apresentar limites entre as áreas, podendo ser revestido unicamente do mesmo material.

    Agora, é óbvio que o ponto chave desta integração fica totalmente concentrado na questão do ‘balcão ilha’ ou ‘balcão de refeições’. Essa é a peça que irá fazer a comunicação entre a decoração da cozinha americana e a decoração da sala. 

    As linhas do seu design, iniciadas nos dois ambientes, é que darão a impressão de continuidade espacial. E é importante também que a sua materialidade ou cor se conecte a todas as áreas adjacentes.

    INÁ Arquitetura

    Para que tudo – cozinha e sala – pareça ser o mesmo ambiente, o que se pode fazer é usar móveis e equipamentos de mesma linguagem estética. 

    Eles não precisam ser feitos necessariamente do mesmo material ou terem a mesma cor e textura, mas, de alguma forma, devem parecer um conjunto. E, neste caso, o balcão com banquetas irá suavizar esta transição visual entre um ponto e outro do projeto, retendo a atenção do observador.

    Cyntia Sabat

    Já pensou em contar com uma cozinha americana em sua casa? Aproveite nossas dicas e mãos à obra!Essas dicas de arquitetura e decoração da cozinha foram criadas pela equipe Viva Decora.