Conheça o famoso aquário de São Paulo

    O Aquário de São Paulo é o maior da América Latina e conta com centenas de espécies de animais do mundo inteiro. Confira detalhes do aquário de São Paulo.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão2 dias atrás

    O Aquário de São Paulo é o maior da América Latina e conta com centenas de espécies de animais do mundo inteiro.

    São Paulo é a capital mais plural do Brasil. Por aqui, não é difícil encontrar tudo o que se precisa para viver bem, com muito conforto, lazer e entretenimento, 24 horas por dia.

    A maior cidade da América Latina possui diferentes povos e muito poder aquisitivo também, diga-se de passagem, já que é um dos polos da economia do país.

    E por falar em economia, a capital paulistana não fica para trás de nenhuma outra cidade ao redor do mundo, quando o assunto é tradição e cultura.

    Um dos exemplos mais claros deste progresso todo é o seu aquário, que fica localizado na região do Ipiranga, um dos bairros mais tradicionais da cidade, eternizado inclusive na voz de artistas renomados, como Caetano Veloso.

    Como surgiu o aquário de São Paulo

    Mesmo sendo considerado um bebê, perto da história do bairro do Ipiranga, o aquário de São Paulo nasceu há 14 anos e conta com uma área não tão pequena, distribuída em mais de 60 mil metros quadrados.

    São 4 milhões de litros de água, dispostos em tanques que abrigam centenas de espécies marinhas do mundo inteiro. O aquário de São Paulo possui 4 sessões diferentes para receber seus visitantes.

    Além de ser o maior do Brasil e estar entre os 5 maiores da América Latina, o local é divido em 4 sessões diferentes para passeios: Oceanário, Água Doce, Museu Paleontológico e Vale dos Dinossauros, abrigando animais como cobras pitom, focas, coalas e até mesmo ursos polares, que você irá conhecer em detalhes a seguir.

    Acesso ao aquário de São Paulo

    O bairro do Ipiranga, onde está localizado o aquário, possui acesso fácil para grande parte da cidade de São Paulo, e fica situado entre as zonas sul e leste. As avenidas Ricardo Jafet, Juntas Provisórias e a Avenida do Estado oferecem escoamento para qualquer região, tornando a chegada ao local ainda mais prática para quem está de carro.

    Além de ruas bem sinalizadas, com placas indicando o local de maneira didática, existe a opção de ir ao aquário de transporte público. A estação Santos Imigrantes – Linha Verde do Metrô – fica bem próxima ou local, que pode ser acessado com menos de 12 minutos de caminhada.

    A primeira sessão do aquário

    Assim que os visitantes chegam ao aquário, a primeira sessão apresentada, nos transporta para os biomas das florestas brasileiras e animais que vivem no entorno das águas doces.

    Além disso, placas explicativas acompanham cada ambiente, trazendo mais detalhes sobre as espécies que habitam o local como lagartos, cobras, jacarés e iguanas.

    Outra atração de tirar literalmente o fôlego é um submarino afundado que fica no local e abriga espécies marinhas como tubarões e raias. Sem contar no teto de vidro que faz com que você se sinta dentro do mar, observando o habitat aquático como um todo.

    Ao final da primeira sessão existe uma área de alimentação completa no aquário, além do Jurassic Aquarium que é um passeio – com ingressos a parte – que oferece uma experiência motorizada para crianças pelos oceanos pré-históricos e suas criaturas.

    INDO EM FRENTE: A próxima parada, após a primeira sessão traz aos visitantes uma experiência completa pela fauna brasileira, com aves e mamíferos – tucanos, lontras, macacos e mais -. Nesta área, há ainda uma sessão dedicada as criaturas do folclore brasileiro como o Curupira e o Boitatá. Na segunda sessão do aquário de São Paulo também é possível visitar um enorme barco, que fica ancorado ao lado de um tanque com peixes de grande porte como piraras, garoupas e pirarucus.

    A PRÓXIMA PARADA: Mais em frente, já na terceira fase do passeio, a sessão se dedica a fauna internacional, trazendo uma espécie de portal que dá acesso a outros lugares do mundo como Indonésia, Austrália e Patagônia. Nestes espaços a visitação se torna um tanto quanto mais surpreendente aos turistas que podem conferir de pertinho animais de espécies um tanto quanto exóticas como é o caso das raposas voadoras, dos suricatos, dos cangurus e dos lêmures. Aqui vale à pena destacar ainda que o teto de toda a estrutura se abre, permitindo a entrada de luz solar para que os animais possam se sentir mais confortáveis em relação a seus ambientes, projetados para se parecerem o máximo possível às suas áreas naturais.

    QUASE TERMINANDO O PASSEIO: Entre as sessões 3 e 4 existe outra praça de alimentação com diversas opções de lanches e pratos, tudo pensado para levar ainda mais conforto aos visitantes. Outra atração à parte localizada por ali é o Aquário abaixo de zero, que transporta os turistas – da mesma maneira que o Jurassic Aquarium – para um ambiente que reproduz a era do gelo. Lá é possível passear pelo período e conhecer ainda como viviam animais da época, dentre eles mamutes e tigres dentes de sabre. E chegando a última sessão do aquário, é possível conhecer um casal de ursos polares – que possuem o maior espaço de convivência – que é certamente uma das atrações mais lindas do lugar. No mesmo corredor, em frente aos ursos polares também vive um lobo marinho pra lá de serelepe, que adora interagir com o público. Ao final do passeio pelo aquário, há ainda uma lojinha com presentes local, incluindo até miniaturas de pelúcia dos ursos polares.

    Informações sobre a visita no aquário de São Paulo

    O aquário de São Paulo funciona de terça a sexta-feira, das 12h às 17h e aos sábados, domingos, segundas e feriados, das 9h às 17h.

    O preço dos ingressos varia de R$ 50 a R$ 100 reais – entre adultos, crianças e idosos – e podem ser comprados direto na bilheteria, que fica logo na entrada do local – ou ainda pelo site do aquário de São Paulo.

    Para que a visitação seja tranquila, e que você possa conhecer todas as sessões com calma, o tempo de visita médio deve ser entre 2 a 4 horas de passeio.

    Visitar o aquário de São Paulo é uma experiência única, repleta de descobertas e surpresas para quem é apaixonado por natureza e pela vida marinha. Certamente, este é um passeio que vale à pena, seja para ir com amigos, filhos, familiares ou colegas.

    Se você já visitou o aquário de São Paulo conte pra gente como foi sua visita. 😉

    Relacionadas

    Encontre o imóvel ideal para comprar ou alugar com várias ofertas.