Avaliação do Fiat Siena

Avaliação do Fiat Siena, antes de comprar veja a opinião dos donos, vídeos, consumo de combustível, manutenção, preço de revenda e muito mais!

Chaves na MãoPor : Chaves na Mão2 meses atrás

O Siena é a versão sedã do Fiat Palio. É fabricado pela Fiat no Brasil, Argentina, Índia, Turquia, México, África do Sul, China e Vietnã, além de ser produzido sob licença em Nampo, Coreia do Norte, com o nome de Pyonghwa Hwiparam.

Com o aumento da demanda por pequenos sedãs equipados com motor 1.0 no Brasil, no início de 1998 a Fiat apresentou o Siena com o motor Fiasa 1.0 8V de 61 CV e o câmbio de 6 marchas, com escalonamento das marchas mais curto que a versão de cinco velocidades que equipava o hatch.

O acabamento era simples, os para-choques não recebiam pintura e as rodas eram aro 13. Em junho do mesmo ano, o motor 1.6 8V recebia injeção multi-ponto, elevando sua potência para 92 CV.

SIENA

No ano 2000 chegava a versão ELX, com a mesma plataforma antiga só que equipada com o motor fire 1.3 16v, e já possuía acelerador eletrônico, os chamados drive by wire.

A primeira reestilização do Siena foi feita no ano 2001. Três anos depois, nova identidade visual.

A quarta geração do modelo chegou ao Brasil em 2008 e foi concebida pelo Centro Stile Fiat, na Itália, em parceria com o Centro Estilo Fiat Brasil.
A versão sedã do Palio, que continua à venda mesmo com o lançamento do Grand Siena, em 2012, é composta por uma versão apenas, a EL. Nesta configuração, vem equipado de fábrica com airbag duplo, computador de bordo e rádio com conectividade bluetooth e entrada USB.

Com 4,15 metros de comprimento e 1,63 metro de largura, o Siena EL ainda oferece 500 litros de capacidade no porta-malas.

Versão 2015

Siena 2015 EL e linha Grand Siena, duas versões diferentes lançadas pela Fiat em 2015.

Apresentaram poucas mudanças na parte estética do veículo, apenas alguns retoques, mas incluiu outros itens de série para conforto e segurança dos passageiros.

O Novo Siena na linha clássica mais barata EL vem com motores 1.0 e 1.4 flex. Já o modelo maior Grand Siena traz motores 1.4 Evo e também o 1.6 flex e-torQ de 16 válvulas.

A linha Grand traz ainda uma versão tetrafuel, equipado com motor 1.4 Evo.

Verão 2016

O Siena EL chega em 2016 mantendo o mesmo visual e mecânica, mas com algumas novidades na lista de itens e atualização discreta no acabamento interno.

Tanto na versão 1.0 como na 1.4, tem como única novidade no acabamento: os novos painéis de portas dianteiros e traseiros.

Entre os opcionais, agora estão disponíveis porta-óculos, painéis de portas em tecido e minissaias laterais pintadas na cor do veículo.

GRAND SIENA

Com duas motorizações disponíveis, a 1.0 Fire com potência máxima de 75 CV e a 1.4 Fire com 86 CV (álcool), sendo ambas bicombustíveis, o Siena EL possui câmbio manual de cinco velocidades.

Ficha técnica

  • Altura (mm): 1425
  • Largura (mm): 1639
  • Comprimento (mm): 4155
  • Entre-eixos (mm): 2374
  • Peso (kg): 1060
  • Tanque (L): 48.0
  • Porta-malas (L): 500
  • Ocupantes: 5

Itens de série

  • Garantia Motor e Câmbio – OEM 36, ilimitada.
  • Garantia total do veículo – OEM 12, ilimitada.
  • Requerimentos inspeção.
  • Airbags 2.
  • Portas: motorista, atrás do motorista, passageiro, atrás do passageiro e abertura à frente.
  •  Consumo de combustível secundário: 11,9 e 14,4.
  • Distribuição eletrônica de frenagem EBD.
  • Estepe em ferro e normal.
  • Rodas dianteiras e traseiras em ferro 14 com 5,5pol de largura.
  • Limpador do para-brisa com intermitência fixa.
  • Vidros verdes.
  • Vidro traseiro fixo com anti-embaçante.
  • Retrovisores das portas do motorista e passageiro com ajuste interno na cor preta.
  • Retrovisor interno.
  • Transmissão manual com cinco velocidades no assoalho e manual.
  • Suspensão tipo McPherson e dianteira com roda tipo independente e molas helicoidais, suspensão tipo eixo de torção e traseira com roda tipo semi-independente e molas helicoidais.
  • Volante de direção com ajuste de altura.
  • Banco traseiro com capacidade para três lugares, encosto em uma peça, com assento inteiriço e voltado para frente.
  • Revestimento dos bancos em tecido.
  •  Cintos de segurança traseiros no assento do motorista, cintos de segurança traseiros no assento do passageiro, cintos de segurança traseiros tipo abdominal no assento central estático.
  • Cintos de segurança no assento do motorista e do passageiro com pré-tensionador e ajuste na altura.
  • Com ajuste na altura nos bancos dianteiros, três apoios de cabeça com ajuste na altura nos bancos traseiros.
  • Airbag dianteiro para motorista e passageiros.
  •  Pintura normal.
  • Pneus: dianteiros, traseiros, 175 x 65 T e 82.
  • Faróis de superfície complexa e lâmpada halógena.
  • Computador de bordo com velocidade média, consumo médio de combustível, consumo instantâneo e autonomia.
  • Conta-giros.
  • Um hodômetro parcial.
  • Indicador de revisões.
  • Painel de instrumentos.
  • Vidro degradê.
  •  Tração dianteira.
  • Capacidade de carga: banco traseiro normal até altura dos vidros: 500 litros.
  •  Espelho de cortesia para motorista e passageiro.
  • Imobilizador.
  •  Para-choques dianteiros e traseiros na cor do veículo.
  • ABS.
  •  Dois freios à disco com dois discos ventilados.
  •  Tomada com saída 12v dianteira.
  • 5 assentos com configuração 2+3.
  • Carroceria com quatro portas tipo sedan entre eixos curto e 178.
https://www.youtube.com/embed/1ETNVP5s4PE” >

No Siena, através do computador de bordo, é possível medir o consumo médio, instantâneo e autonomia do carro.

A média de consumo do veículo com motor 1.0 na linha EL com gasolina, rodando dentro da cidade é de 11.9 km/l, em circuito rodoviário ele pode chegar até 14.4 km/l na estrada.

O motor 1.0 quando abastecido com etanol rodando dentro da cidade pode fazer uma média de 8.0 km/l e na estrada chega até 9.7 km/l também com etanol.

Um carro bastante econômico, pelo menos na versão EL com motor 1.0 flex. De acordo com o Inmetro ele recebeu 3 estrelas e classificação “A”, em comparação com outros modelos da mesma categoria automotiva.

O Siena está entre um dos carros com menor Índice de Manutenção Veicular (IMV), segundo avaliação do Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi).

Atualmente, ele é um dos 25 carros de manutenção mecânica mais baratos do Brasil e a revisão pode ser feita de maneira rápida e fácil, devido ao fato de se tratar de um modelo bastante conhecido. 

  • Fiat Grand Siena 2016: de R$ 40.554,00 a R$ 45.125,00 (FIPE).
  • Fiat Grand Siena 2015: de R$ 38.202,00 a R$ 43.261,00 (FIPE).
  • Fiat Grand Siena 2014: de R$ 35.776,00 a R$ 38.869,00 (FIPE).
  • Fiat Grand Siena 2013: de R$ 33.980,00 a R$ 35.054,00 (FIPE).

Encontre ofertas de Fiat Siena

Relacionadas

Confira as melhores ofertas de carros e motos, novos e usados!