Avaliação do Volkswagen Saveiro

Avaliação da Volkswagen Saveiro, antes de comprar veja a opinião dos donos, vídeos, consumo de combustível, manutenção, preço de revenda e muito mais!

Chaves na MãoPor : Chaves na Mão2 meses atrás
SAVEIRO PRATA

Surgida nos anos 1980 e baseada no Gol, a Saveiro completou a família de derivações do carro chefe da Volkswagen para competir com Pampa (Ford) e Fiorino (Fiat) no mercado de utilitários leves.

Equipada com o motor Boxer 1.6l refrigerado a ar do Gol que serviu de base ao seu projeto, a picape leve da fábrica alemã era confiável e poderosa, mas defasada tecnologicamente em relação à competição.

Apenas em 1985 o modelo recebe um motor refrigerado a água comparável ao utilizado por outros veículos da categoria e se manteve como o utilitário leve mais vendido do Brasil até 2002, quando a Strada (Fiat) tomou seu posto.

Assim como o Gol, a Saveiro também passou por inúmeras reestilizações e teve várias gerações, sempre acompanhando o modelo base da linha, tanto em termos de mecânica – devidamente adaptada às demandas diferenciadas que um veículo de carga apresenta – quanto em estilo e visual.

SAVEIRO LATERAL

Competindo atualmente contra Strada e Montana (Chevrolet), a Saveiro passou por uma reformulação total em 2009 tentando voltar a se destacar no mercado e sair da terceira posição em vendas.

A Saveiro mede 4,5 m de comprimento com distância de 2,7 m entre os eixos, 1,7 m de largura e 1,5 m de altura e pesa 1020 kg descarregada.

O motor é o MFI 1.6l Flex que entrega até 104 cv abastecido com etanol ou 101 cv com gasolina no tanque e a transmissão é manual com 5 velocidades. Freios a disco nas 4 rodas, com ABS obrigatório com EBD, são um dos diferenciais, já que outros utilitários leves ainda utilizam tambores nas rodas traseiras.

O compartimento de carga varia de capacidade de acordo com o tamanho da cabine, que pode ser simples (CS), estendida (CE), ou dupla (CD). Respectivamente, a caçamba de cada configuração comporta até 924l, 734l, e 580l.

O tanque de combustível armazena até 55 litros e tanto a cabine simples quando a estendida comportam até 2 ocupantes, enquanto a cabine dupla tem espaço suficiente para 5 pessoas em seu interior.

https://www.youtube.com/embed/sbspIkWHqcE” >

Versões

As versões da Saveiro compreendem 5 linhas diferentes, com modelos configurados com mais ou menos espaço na cabine, indicados pelas siglas após o nome da linha, que são: Startline, Trendline, Highline, Cross, e Surf.

A linha mais básica, Startline, só dispõe da configuração em cabine simples e é equipada com banco do motorista com ajuste de altura, air bag para motorista e passageiro, ganchos para amarração de carga, direção mecânica, rodas de aço aro 14 e suspensão elevada.

As versões Trendline CS, CE e CD acrescentam ao pacote básico: alerta de faróis acesos, Comfort Blinker para facilitar a indicação de mudança de pista, chave tipo canivete, direção hidráulica, Santantônio com função de aerofólio, sistema de amortecimento na tampa traseira, protetor de caçamba, ESS para alerta em frenagens bruscas e vidros elétricos.

A Highline cabine dupla, única configuração disponível para a versão mais completa da Saveiro, tem sistema de som com rádio AM/FM, CD-player, bluetooth, entradas USB e auxiliar, altofalantes e tweeters instalados, sistema de alarme com comando remoto, ar condicionado, faróis duplos com máscara escurecida, computador de bordo I-System com Eco-Comfort, grade protetora da janela traseira e janelas basculantes na parte posterior da cabine.

SAVEIRO VERMELHO

A sequência Cross, CE ou CD,é mais arrojada que as versões padrão Volkswagen e oferece ao consumidor o mesmo pacote da Highline, acrescido de: palhetas do limpador de parabrisas Aerowischer, sensor de estacionamento traseiro Park Pilot, capota marítima, coluna de direção com ajustes de altura e profundidade, espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico com função Tilt-Down no lado do passageiro e luzes indicadoras de direção integradas, faróis auxiliares para neblina ou longo alcance, vidros laterais e janelas com isolamento térmico, molduras laterais nas caixas de roda e na soleira, pedaleiras esportivas, bagageiro longitudinal no teto e freios ABS com EBD e sistemas EDL, TCS, BAS, além da função Off-Road.

A Saveiro Surf CS compartilha os equipamentos da versão Cross – com exceção dos sistemas complementares dos freios – substituindo a capota marítima pela rede de retenção para carga e as molduras pelo revestimento parcial com couro sintético, além de incluir iluminação na caçamba.

https://www.youtube.com/embed/0YVeZ7tc4QY” >

Existe uma certa variação na medição de consumo das diferentes versões da Saveiro em virtude das diferenças de carga que o mesmo motor MFI 1.6l Flex encara.

Em média, portanto, a Saveiro percorre até 7 km/l na cidade e 8 km/l na estrada quando abastecida com etanol ou 10 km/l urbanos e 12 km/l rodoviários com gasolina no tanque.

Em relação a seus competidores, isso coloca a picape da Volkswagen a frente da Montana quando se queima etanol, independente do cenário de rodagem e praticamente em igualdade com a Strada em qualquer situação de combustível ou tipo de vias.

O acesso às diferentes peças que podem necessitar de reparos na Saveiro é muito fácil, o que diminui consideravelmente o custo de manutenção do veículo.

Seja no compartimento do motor ou na parte inferior do veículo, dificilmente será necessário remover uma peça para alcançar outra – o que não ocorre com os concorrentes da Fiat e da Chevrolet – para a troca ou serviço.

SAVEIRO TRASEIRA

Além disso, como compartilha muitos elementos com os novos Gol e Voyage, a Saveiro tem uma oferta de peças ampla, bem como uma rede de suporte autorizado ou oficial espalhada por todo o país.

A média nacional de desvalorização de um automóvel após o primeiro ano de uso, se comprado 0 km, gira no patamar dos 15,5%.

Este índice significa uma perda considerável de valor do veículo na revenda e o segmento de utilitários leves costuma apresentar porcentagens bastante próximas a essa média quando se passa adiante um carro com as características da Saveiro.

Felizmente, para os proprietários do modelo, a picape Volkswagen tem um índice de desvalorização na faixa dos 12,5%, um pouco melhor que a média geral do mercado.

Dentro do segmento, a Saveiro desvaloriza menos que a Montana (12,8%) mas perde em valor de revenda para a líder de mercado Strada (11,5%).

Considerando esses e outros pontos já mencionados acima, a Saveiro se apresenta como a segunda melhor opção dentro da categoria, ainda que não seja a segunda picape mais vendida no Brasil.

Encontre ofertas de Volkswagen Saveiro

Relacionadas

Confira as melhores ofertas de carros e motos, novos e usados!