A Verdade Sobre Usar um Amortecedor Remanufaturado

    Confira no blog do Chaves na Mão as vantagens e desvantagens de quem busca por amortecedores remanufaturado ou recondicionados.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão3 meses atrás

    A reutilização de um amortecedor pode causar vários problemas no veículo.

    Se você está procurando saber se um amortecedor remanufaturado é bom para o seu veículo, então saiba que veio ao lugar certo. 

    É normal pesquisar e comparar automóveis à venda antes de ter em mente tudo o que você precisa saber ao trocar de carro.

    Nesse mesmo sentido, também é normal que tomemos esse cuidado quando estamos falando sobre peças e equipamento relacionados à manutenção de carros para vender. 

    No entanto, na pesquisa por preços melhores, as pessoas se deparam muitas vezes com produtos que despertam uma certa dúvida sobre a sua procedência e qualidade.

    Um exemplo é quando surge o questionamento se amortecedor remanufaturado é bom. 

    Caso já tenha visto esse tipo de produto anunciado em portais de automóveis, é importante saber de uma coisa.

    À primeira vista, o valor baixo pode até chamar a atenção. Porém será que esse produto vale realmente a pena?

    Neste post você vai ver:

    1. O que são amortecedores?
    2. Quando deve ser feita a manutenção dos amortecedores do veículo?
    3. Quais os tipos de amortecedores que existem?
    4. O que é um amortecedor remanufaturado?
    5. Amortecedor remanufaturado é bom para quem?
    6. Quais os riscos de usar amortecedor remanufaturado?
    7. Afinal, amortecedor remanufaturado é bom?

    Vamos agora responder a todas essas perguntas e dizer toda a verdade sobre se amortecedor remanufaturado é bom. 

    Acompanhe!

    1. O que são amortecedores?

    Antes de falarmos sobre os amortecedores remanufaturados propriamente ditos, vale a pena começarmos com um tira-dúvidas sobre suspensão.

    No sistema de suspensão do carro, os amortecedores são componentes principais

    A função deles é absorver impactos causados ao automóvel por meio de irregularidades das pistas. 

    Essa função primordial os torna essenciais não somente para o conforto dos ocupantes, como também para a segurança ao dirigir e a estabilidade do automóvel.

    Amortecedores em boas condições ajudam ainda no aumento da vida útil de componentes diversos, como peças do sistema de freios e os pneus.

    2. Quando deve ser feita a manutenção dos amortecedores do veículo?

    Não é só buraco que acaba com a suspensão: o “vilão” também pode ser você.

    A recomendação, de maneira geral, é que os amortecedores passem por revisão a cada 10 mil quilômetros rodados. 

    Contudo, essa avaliação deve levar em conta também se o veículo é muito utilizado, uma vez que a utilização intensa do automóvel pode diminuir essa estimativa.

    É por isso que é importante ficar atento sempre aos sinais que o seu sistema de suspensão dá. 

    E, sabendo que o amortecedor influencia diretamente na performance do automóvel, os sinais de desgaste podem ser facilmente vistos com poucos metros percorridos.

    Um exemplo de sinal bastante comum e que sempre gera muito incômodo aos condutores de veículos é a falta de pressão.

    Essa falta de pressão acaba resultando em uma excessiva movimentação da carroceria quando o carro passa por trechos acidentados e buracos. 

    É comum também ouvir ruídos advindos das rodas em certas situações, tornando a obrigatoriedade de manutenção do amortecedor mais evidente ainda.

    Mais um sintoma que indica que alguma coisa possa estar errada é o vazamento de óleo hidráulico

    Em algumas situações, pode ocorrer ainda o travamento da haste, o que impede os amortecedores de se moverem naturalmente para baixo e para cima.

    3. Quais os tipos de amortecedores que existem?

    Entre os tipos de amortecedores mais comuns que existem, há, por exemplo, os pressurizados (a gás) e os hidráulicos

    Para garantir que encontre o melhor amortecedor para o seu carro, a dica é fazer uma consulta ao manual do proprietário e seguir à risca as determinações da montadora.

    É importante ter isso em mente para que saiba também como cuidar da suspensão do carro.

    4. O que é um amortecedor remanufaturado?

    Agora você já entendeu o que é um amortecedor e a sua função em um veículo, bem como a importância de ter um de boa qualidade.

    Assim, podemos finalmente explicar o que é um equipamento desses do tipo remanufaturado.

    Será que, afinal, um amortecedor remanufaturado é bom e seria capaz de garantir com eficiência a segurança que o seu carro precisa?

    Para quem não sabe, um amortecedor remanufaturado é um componente que já foi utilizado em outros carros até o limite de sua vida útil

    Essas peças só podem ser reutilizadas porque são submetidas a um processo de recuperação de algumas de suas propriedades essenciais.

    5. Amortecedor remanufaturado é bom para quem?

    Quem costuma muito dizer que amortecedor remanufaturado é bom são motoristas de aplicativos e de táxi, que costumam rodar distâncias grandes em pouco tempo. 

    Donos de carros cujas peças de reposição são difíceis de encontrar também recorrem a amortecedores remanufaturados.

    O motivo para esses tipos de condutores dizerem que amortecedor remanufaturado é bom é pelo valor mais em conta do produto em relação a amortecedores novos

    Mas… será que amortecedor remanufaturado é bom mesmo como esses motoristas acreditam ser?

    Imagem: Pixabay

    6. Quais os riscos de usar amortecedor remanufaturado?

    Não dá para negar que já há hoje empresas qualificadas e confiáveis a realizar o procedimento de recuperação de amortecedores usados.

    Entretanto, dificilmente você vai encontrar amortecedores remanufaturados nos melhores carros usados até 25 mil.

    O porquê disso? 

    Porque os casos não são raros de condutores que adquirem amortecedores remanufaturados de qualidade baixa

    Isso traz consequências para a segurança do automóvel e para o bolso do proprietário veicular.

    Amortecedores remanufaturados de procedência duvidosa podem apresentar ruídos e vibrações no sistema de suspensão do carro, ainda que tenham sido recém-instalados.

    Sabe quando o carro range como uma “carroça”? Pois bem, isso pode acontecer com esses tipos de amortecedores.

    Em pistas com curvas e buracos, a estabilidade é também comprometida, pois a aderência ao solo dos pneus fica pior com o amortecedor remanufaturado.

    É provável ainda que os ocupantes do automóvel encarem excessivas oscilações, especialmente depois de freadas e arrancadas muito bruscas. 

    O resultado é a precoce deterioração dos pneus e demais componentes do sistema de suspensão do veículo, como molas, coxins, barra estabilizadora e pivôs.

    Os que buscam amortecedor remanufaturado para modificações na estrutura do automóvel, como o rebaixamento da suspensão, podem ter problemas piores.

    Esse tipo de prática é muito perigosa, pois a alteração do projeto original pode danificar outros componentes a médio prazo.

    Além disso, podem ainda comprometer o controle do automóvel em determinadas situações, gerando sérios acidentes.

    Problemas nos amortecedores não só podem causar o aumento do tempo de frenagem do seu veículo, como o risco de aquaplanagem e fuga da pista nas curvas.

    Nem as marcas de carros que os compradores são fiéis conseguem manter a sua qualidade de fábrica se você colocar neles um amortecedor remanufaturado.

    7. Afinal, amortecedor remanufaturado é bom?

    Considerando as características do amortecedor remanufaturado e os seus riscos de utilização, torna-se evidente que deve ser evitado na hora da manutenção do seu carro.

    Além de serem peças com uma durabilidade muito inferior à de produtos novos, podem gerar uma verdadeira reação em cadeia, danificando vários componentes do seu veículo.

    Amortecedor remanufaturado é um exemplo clássico de que o barato pode sair caro no futuro.

    Por isso, sempre dê preferência a peças novas, cujos fabricantes possam garantir a procedência e qualidade de seus produtos. 

    Acerte na escolha da sua primeira moto ou carro com um amortecedor novo e, dessa forma, garantirá não só a sua segurança, como a de todos que estiverem no seu veículo.