Tudo sobre Fiat Uno

Dê sua opinião sobre Dê sua opinião

Confira o preço do Fiat Uno: Tabela FIPE

História do Uno

UNO VERMELHO

Um dos veículos de historia mais longa da linha Fiat, o Uno foi lançado no Brasil em 1984 para substituir o 147. Em um primeiro momento a família de veículos baseados no modelo - que também contava com a station wagon Elba, o sedã Prêmio e o utilitário Fiorino em versões picape e furgão - sofreu um certo estigma em virtude do design diferenciado concebido pelo estúdio ItalDesign Giugiaro, não tendo muito sucesso no mercado nacional.



Em 1990, com a redução do IPI para motores de até 1000 cm³, a marca italiana apresenta o famoso Uno Mille, equipado com motor Fiasa 1.0l, apenas 60 dias após a confirmação da redução no imposto. Com duas portas e despojado de grande parte dos itens encontrados na versão S - até então a mais básica da linha - o Mille se torna um dos veículos mais vendidos no Brasil e acaba por ser considerado referência no segmento de carros populares. Ao longo da década de 1990, o Uno recebe diferentes versões, mais completas, esportivas, ou atualizadas em relação à tecnologia utilizada nos motores, principalmente.
Inicialmente esperava-se que o Mille saísse de linha em 1996, quando o Palio foi apresentado como substituto natural do Uno. Porém, como o carro já havia caído no gosto do mercado, e continuava vendendo bem, a Fiat manteve a produção do Uno em paralelo ao novo modelo, ainda que reduzisse a linha apenas ao modelo de entrada.

UNO PRATA

Já no início da década de 2000 o motor Fiasa é substituído pelo mais moderno e econômico FIRE, que equipou o Mille até sua saída de linha em 2014, devido à obrigatoriedade dos freios ABS e de airbag duplo frontal que, para a Fiat, não justificaria o investimento na manutenção de um modelo tão antigo.
A segunda geração do Uno, chamada simplesmente de Novo Uno, foi apresentada em 2010 e apesar de um design mais moderno, elegante, e com curvas mais suaves, manteve a fidelidade em relação à geração original do modelo graças à filosofia Rouded Square (quadrado arredondado) adotada por outros modelos como o Soul (Kia). Com essa geração, a Fiat busca principalmente o público jovem e descolado, não só pelo design, mas também pelas cores fortes com que o Novo Uno pode ser pintado.

UNO UNO UNO UNO UNO UNO NOVO UNO NOVO UNO NOVO UNO NOVO UNO NOVO UNO NOVO UNO INTERNO DO UNO

Especificações técnicas

NOVO UNO

Medindo 3,8 m de comprimento entre eixos de 2,4 m, 1,6 m de largura e 1,5 m de altura, a segunda geração do Uno é bastante espaçosa no segmento de compactos. O porta malas tem capacidade para o equivalente a 290 litros de bagagem, enquanto tanque de combustível comporta até 48l.
Entre as opções de motorização disponibilizadas pela Fiat, o Novo Uno pode ser movido pelo Fire EVO 1.0l Flex - que gera até 75 cv no álcool e 73 cv na gasolina - ou pelo mais forte Fire EVO 1.4l Flex (que entrega 88 cv com etanol e 85 cv com gasolina), ambos bicombustíveis. O câmbio mecânico tem 5 velocidades e, dependendo da versão, pode ser transversal ou longitudinal. Entre os itens de série para todas as versões estão o pacote High Safety Drive com freios ABS dotados de EBD e duplo airbag frontal, controle de aceleração Drive by Wire, banco traseiro rebatível com 2 posições de recolhimento, econômetro, entre outros.

Versões
A linha Uno está dividida em duas categorias de veículos compactos. A Vivace, modelo de entrada, com pacote de acessórios inclusos bastante restritos e exclusivamente equipada com o motor Fire EVO 1.0l e câmbio transversal. Com 2 ou 4 portas, a linha Vivace não recebeu as alterações estéticas da primeira reestilização do Novo Uno apresentadas pela Fiat em 2014, mantendo, por exemplo, a grade fronteira original com três orifícios na cor do veículo e os faróis com contorno irregular.
A categoria principal, chamada apenas de Novo Uno, tem a primeira diferença em relação à Vivace justamente na grade frontal, que conta com uma barra escura onde estão os orifícios da entrada de ar para o compartimento do motor e nos faróis mais harmoniosos e de linhas simplificadas em relação ao da linha básica. Além disso, o Novo Uno só está disponível com 4 portas e se apresenta nas subdivisões Attractive, Evolution, Sporting e Way.
A versão Attractive é a mais simples da linha Novo Uno, utilizando a mesma motorização e câmbio do Vivace. Entre os itens que diferenciam ambos, além do design, encontram-se: chave desmodrômica, computador de bordo com 6 funções e computador de bordo B complementar, direção hidráulica, ESS para sinalização de frenagens bruscas, faróis de neblina, função Lane Change na alavanca da seta de direção e volante com botões de controle do computador de bordo.
Já o Novo Uno Evolution passa a utilizar o Fire EVO 1.4 como propulsor e transmissão longitudinal. Entre os diferenciais estão o sistema Start & Stop de acionamento e desligamento automático do motor, rádio USB MP3 & WMA com RDS, melhorias de acabamento e revestimento internos, My Car Fiat para personalizar funções do carro, indicador de troca de marcha e Welcome Moving que verifica o quadro de instrumentos.

UNO SPORT

A versão Sporting, como o nome indica, tem pegada mais esportiva e dinâmica, com motorização 1.4l e câmbio transversal. Além dos itens encontrados nas outras versões, conta com palhetas de limpeza dos para-brisas com tecnologia Flat Blade, suspensão com acerto esportivo, spoiler na tampa traseira e minissaias laterais, além de acabamentos específicos da versão, caracterizando a personalidade mais ousada do carro.
Por fim, a versão Way pode ser equipada tanto pelo motor de 1.0l quanto pelo 1.4l, com câmbio transversal em ambos os casos. Conta com ar condicionado, vidros degradé, calotas integrais exclusivas Way, faróis com máscara negra, e vários acabamentos específicos (a barra preta da grade com os anéis dos orifícios de entrada de ar cromados e o detalhe Way adesivado na lateral, por exemplo).

Consumo

O motor Fire EVO 1.0l Flex percorre, com etanol, até 10,5 km/l urbanos e 12,9 km/l rodoviários enquanto que, com gasolina, chega até 15,6 km/l na cidade e 20,1 km/l na estrada. Já o mais potente Fire EVO 1.4l Flex alcança até 10,3 km/l em ruas e 12,8 km/l em rodovias com etanol ou 14,7 km/l urbanos e 19,4 km/l na estrada quando abastecido com gasolina. 

Manutenção

Uma das principais vantagens do Novo Uno (incluindo a versão Vivace) em relação ao Mille que o antecedeu é o preço de manutenção. O popular nascido nos anos 1990 já era famoso pelo baixo custo de peças e reparos e a Fiat fixou valores ainda melhores para a nova versão de seu modelo de entrada.

Valor de revenda

UNO LARANJA

Assim como outros veículos do segmento popular, o Novo Uno está entre os carros com menor desvalorização no primeiro ano de uso. Assim, ao revender um desses carros, o proprietário perde, em média, 8,7% do valor pago pelo veículo na concessionária.



Encontre ofertas de Fiat Uno

Avaliação do veículo

  • Avaliação geral
    0
  • Design  
    0
  • Performance  
    0
  • Conforto e Acabamento 
    0
  • Dirigibilidade 
    0
  • Consumo de Combustível 
    0
  • Manutenção 
    0
  • Custo x Benefício 
    0