Fiat Palio

Dê sua opinião sobre Dê sua opinião

Confira o preço do Fiat Palio: Tabela FIPE

História do Palio

PALIO VERMELHO

Ocupando o nicho dos carros populares compactos desde 1996, o Palio é um dos principais veículos da italiana Fiat. Desenvolvido especificamente para mercados emergentes - América Latina, Leste Europeu e alguns países asiáticos -, o Palio deu origem a toda uma família de veículos que inclui o sedã Siena (1997), a station wagon Palio Weekend (1997) e a picape Strada (1998).
Na época do seu lançamento, o Palio contava com três opções de motor: 1.0l para as versões populares ED e EDX e 1.5l ou 1.6l 16V para as versões de padrão mais alto. Destes, apenas o motor 1.6 16V não era fabricado no Brasil. Ao longo do tempo, o modelo passou por diversos redesigns e alterações mecânicas, sem perder suas características básicas. Assim, ao contrário de outros carros - como o Gol (Volkswagen) - não se falou em gerações de Palio até 2011, quando foi lançado o Novo Palio, e sim em atualizações.
A primeira atualização do Palio ocorreu em 2001 e alterou os traços da frente do carro, deixando-o mais parecido com o Gol de terceira geração - o que levou o modelo a ser criticado na época -, bem como a traseira e o interior. No mesmo ano foram apresentados os motores 1.0l Fire e 1.0l 16V para as versões mais baratas da linha, e mantendo os motores 1.3l 16V e 1.6l 16V do ano anterior nas demais versões e “primos”.
Apenas três anos depois, em 2004, o Palio sofre uma nova mudança estética pelas mãos de Giurgetto Giurgiaro, designer italiano responsável também pelo design da primeira atualização. Dessa vez os faróis ficaram maiores, as lanternas tornaram-se verticais e com painel totalmente redesenhado. Essa atualização fez do Palio o primeiro carro compacto brasileiro a dispor de airbags frontais e laterais, além de CD player com suporte MP3. Além disso, o novo projeto também incluiu os motores Flex bicombustível 1.0l, 1.3l, e 1.8l.
Em 2007 chega às lojas e ruas brasileiras a quarta reestilização do Palio, que trouxe um visual mais conservado à linha devido aos faróis bastante semelhantes aos do Punto (Fiat) europeu, com parábola simples que substituíram o desenho abaulado e parábola dupla que equipava o design anterior. A grande mudança, entretanto, no Palio 2008 foi a lateral do carro, que recebeu vincos nas portas e paralamas estendidos. Fora isso, pequenas alterações nas posições de alguns controles foram realizadas sem grande impacto estético no interior do carro. As opções de motorização são as mesmas do design anterior, mas surge a possibilidade de instalação do câmbio automático Dualogic nos veículos equipados com o motor 1.8l.
A segunda geração verdadeira do Palio é lançada pela Fiat em 2011, maior do que qualquer modelo anterior e com opcionais atualizados. Ainda assim, devido ao sucesso de vendas, o modelo de entrada da primeira geração - o Palio Fire - continua sendo produzido com a carroceria da segunda reestilização e o interior derivado do primeiro redesign da linha.


 

PALIO 1996 PALIO 1996 NOVO PALIO NOVO PALIO NOVO PALIO PALIO SPORT NOVO PALIO NOVO PALIO INTERNO DO PALIO INTERNO DO PALIO INTERNO DO PALIO NOVO PALIO INTERNO DO PALIO INTERNO DO PALIO

Especificações técnicas

PALIO PRETO

Ao longo do tempo as dimensões do Palio mudaram de acordo com o design da carroceria, mas o Palio Fire mede 3,82 m de comprimento com 2,3 m entre os eixos, 1,63 m de largura e 1,45 m de altura, com assoalho a 16 centímetros do solo. O modelo de entrada comporta o equivalente a 290 litros no porta malas e recebe até 48 litros de combustível no tanque de abastecimento. O motor Fire 1.0l Flex de 4 cilindros é o único disponível para a versão de entrada e gera até 75 cv com etanol ou 73 cv com gasolina no tanque. O câmbio é obrigatoriamente manual de 5 velocidades e a tração é dianteira.
O Palio Fire está disponível com 2 ou 4 portas e ainda conta com uma versão Way, mais aventureira do que a versão básica, com suspensão mais alta e adesivos com o nome Way em meio a “respingos” colados na lateral do carro.

PALIO PRATA

Já o Novo Palio mede pouco mais de 3,87 m de comprimento com 2,4m entre eixos, 1,67 m de largura e 1,50 m de altura e assoalho distante 14,7 cm da superfície. O porta malas é um pouco menor, comportando até 280 litros de bagagem e a capacidade de armazenagem do tanque de combustível segue a mesma da versão anterior do carro.



Versões
O Novo Palio tem três versões disponíveis, cada uma delas oferece um pacote diferenciado tanto em termos de mecânica quanto em relação aos equipamentos instados e acessórios opcionais. Todas as versões dispõe de 4 portas, injeção eletrônica sequencial indireta, computador de bordo, direção hidráulica e sistema Drive-by-Wire, airbag duplo, freios ABS com EBD e função Lane Change para facilitar a sinalização de conversões de pista.
A versão básica da linha, chamada Attractive, pode ser movida pelo motor EVO 1.0l Flex ou pelo EVO 1.4l Flex. A motorização de menor potência desenvolve até 75 cv com etanol ou 73 cv com gasolina, enquanto o motor 1.4l entrega 88 cv rodando com etanol ou 85 cv queimando gasolina. A versão 1.4l também inclui coluna de direção com ajuste de altura, um segundo computador de bordo complementar, entre outras pequenas diferenças em relação à versão 1.0l.
O Novo Palio Essence é equipado com motor EVO 1.6 16V Flex que desenvolve até 117 cv com álcool ou 115 cv com gasolina e é a primeira versão da linha a poder receber, como opcional, a transmissão automática Dualogic com tecnologias Creeping e Auto-Up Shift Abort, que facilitam manobras de estacionamento, arrancadas em aclives suaves e ultrapassagens, além das alavancas de seleção de marcha tipo borboleta no volante.
Como o próprio nome indica, a versão Sporting tem uma pegada mais ousada e também conta com o motor EVO 1.6 16V Flex, além de poder receber a transmissão automática Dualogic. Dotado de aerofólio traseiro, bancos com assento anti-submarining, pedaleira com cobertura esportiva, conta giros e várias alterações cosméticas - adesivos, spoilers, etc - para indicar a predisposição à velocidade que a versão pretende.
Em relação aos opcionais, a Fiat oferece diversos kits para instalação de acordo com a versão, que incluem itens de conforto, tecnologia, ou segurança, além de várias opções decorativas.

Consumo

PALIO BRANCO

Os motores da Fiat não são conhecidos por serem os mais econômicos do Brasil, mas o desempenho da mecânica que atualmente equipa os carros das linhas Palio Fire e Novo Palio não deixa a desejar. O motor Fire 1.0l Flex, por exemplo, percorre até 10 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada com etanol ou 12,3 km/l urbanos e 15 km/l rodoviários abastecido com gasolina.
Já o motor EVO 1.0l Flex alcança até 7,5 km/l nas ruas e 10 km/l na estrada com etanol, ou 10 km/l na cidade e 13 km/l na estrada abastecido com gasolina no tanque. Por fim, o motor EVO 1.6l 16V Flex chega até a marca de 6,9 km/l urbanos e 8,9 km/l por estradas com etanol, ou 9,5 km/l nas ruas e 13 km/l em estradas com gasolina.
 

Manutenção

O Palio é um dos carros mais vendidos do Brasil, o que facilita encontrar manutenção e peças para sanar qualquer problema. Com isso o preço de reposição e serviço diminui consideravelmente, em especial no caso do Palio Fire, que já tem mais tempo no mercado. A rede Fiat também se espalha pelo país, com muitos pontos oficiais ou autorizados para trabalhar em seus veículos, garantindo ao consumidor rapidez e preço justo na hora de consertar um Palio de qualquer uma das gerações da linha.
 

Valor de revenda

NOVO PALIO

O Palio Fire é um dos compactos com melhor revenda no segmento, com uma desvalorização em torno de 10%, bem mais baixa que a média de 15% do mercado. Os modelos da segunda geração, por sua vez, perdem um pouco mais - aproximadamente 12% - ao longo do primeiro ano fora da concessionária.

Encontre ofertas de Fiat Palio

Avaliação do veículo

  • Avaliação geral
    0
  • Design  
    0
  • Performance  
    0
  • Conforto e Acabamento 
    0
  • Dirigibilidade 
    0
  • Consumo de Combustível 
    0
  • Manutenção 
    0
  • Custo x Benefício 
    0