Chevrolet Onix

Dê sua opinião sobre Dê sua opinião

Confira o preço do Chevrolet Onix: Tabela FIPE

História do Onix

ONIX BRANCO

Um dos mais novos modelos a entrar nas linhas de montagem da GM/Chevrolet no Brasil - é produzido na fábrica de Gravataí, RS -, o Onix é o veículo de entrada na marca norte americana desde 2013, ainda que seu lançamento oficial tenha acontecido no ano anterior. Com a missão de substituir o Corsa na categoria popular, o carro é montado sobre a plataforma global para carros pequenos da GM (GSV, ou GAMMA), que foi desenvolvida pela GM na Coreia. A plataforma atual também serve de base para modelos como Cobalt, Sonic, Spin, Prisma, entre outros.
Com um interior confortável e três diferentes versões - a partir de pacotes de opcionais -, o Onix ganhou espaço no mercado de entrada devido ao preço relativamente em conta, quando comparado com veículos de outras marcas, para o mesmo conjunto de oferta. O principal concorrente do Onix no mercado nacional é o HB20 (Hyundai), sobre o qual o compacto da Chevrolet conquistou mercado e, em 2015, atingiu a marca de segundo carro com maior número de emplacamentos no Brasil.
Por fora, o Onix abusa de curvas e linhas para dar um visual arrojado ao carro, graças aos paralamas largos, lanternas bem integradas à traseira e à lateral do veículo e faróis com máscara negra, de perfil mais afilado, acrescentando uma percepção de velocidade e esportividade não tão frequente em veículos da categoria de entrada das marcas. Além disso, o Onix dispõe de três conjuntos opcionais de adesivos de carroceria (chamados “tattoos” pela fabricante) para personalizar o carro: Race, que inclui um quadriculado que remete às bandeiras de chegada das corridas de automóveis; Joy, com símbolos circulares mais lúdicos; e 24 Horas, mais clássico e fazendo menção às 24 horas de Le Mans, tradicional corrida de Gran Turismo da França.
No interior, o Onix mantém o estilo agradável e de vanguarda da carroceria. Os bancos de tecido têm as costuras bem destacadas, dando um ar esportivo à cabine do carro, enquanto painéis e superfícies tem detalhes de acabamento bem feito e, em algumas versões, destaques coloridos que ressaltam a beleza do ambiente interno do Onix. Também é possível aplicar adesivos nos painéis do Onix, seguindo os kits disponíveis para o exterior do carro.



Onix Activ 2017
Com o lançamento da linha reestilizada do Onix e Prisma, a Chevrolet resolveu anunciar a chegara do hatch totalmente renovado no segmento dos aventureiros.
O Onix Activ chega ao mercado brasileiro na faixa de R$57.190 para a versão de entrada, que vai até R$62.290 com a versão automática. Agora com um visual mais imponente se comparado às suas versões iniciais, com um apelo fora de estrada, o hatch conta com a suspensão três centímetros mais alta com relação aos modelos convencionais. Além disso, o Onix Activ chega com pneus maiores e rodas exclusivas.
Dentre as novidades na parte interna do Onix, está o painel redesenhado, agora com duas cores e com um grafismo que se une às forrações de porta. O sistema Mylink 3 é inédito no Onix. Associado ao Onstar, é compatível com Android Auto e Apple CarPlay, a câmera de ré, o sensor de chuva e a direção elétrica (para toda a linha).
O Onix Activ contém uma versão única, com o motor 1.4 “ECO” e transmissão de seis velocidades, manual ou automática.

ONIX ACTIV

Ao chegar no mercado brasileiro, o Onix terá de enfrentar alguns concorrentes que estão na estrada e outros que estão fora dela há algum tempo. O principal deles é o Sandero Stepway Easy’R, com câmbio automático e que conta com os mesmo itens da GM, com exceção do sistema Onstar. O hatch da Renault sai a partir de R$60.100. Outro concorrente é o Volkswagen Crossfox Imotion, que sai por R$69.990, mas que fica devendo a câmera de ré se compararmos ao Onix. O Hyunday HB20X automático também está na lista dos concorrentes do Activ da Chevrolet. É o mais caro de todos, com preços que partem de R$64.245, e não conta com bancos de couro ou sistema BlueMedia (de entretenimento).

ONIX ONIX ONIX ONIX INTERNO DO ONIX INTERNO DO ONIX INTERNO DO ONIX

Especificações técnicas

O Onix, em todas as suas versões, mede 4,1m de comprimento com distância entre eixos de 2,5m - a maior entre todos os veículos de entrada no mercado nacional -, altura de 1,5m e 1,7m de largura (contando os retrovisores externos, a largura chega a quase 2m). Pesa pouco mais de uma tonelada, tem capacidade para até 54 litros de combustível no tanque e o porta malas comporta um volume equivalente a 280 litros.

Versões
O modelo de entrada da Chevrolet possui três versões, sendo que cada uma delas acrescenta itens em relação ao modelo imediatamente inferior.
O Onix básico, chamado pela fabricante de LS, oferece como itens de série duplo air bag frontal, freios ABS com EBD, ar condicionado, ajuste de altura no banco do motorista, direção hidráulica, e painel em duas cores com display digital e iluminado por LEDs.

ONIX VERMELHO

A versão intermediária LT, além dos itens do LS, dispõe de travas elétricas nas portas, vidros elétricos na dianteira e chave tipo canivete. Já o topo de linha do Onix, a versão LTZ inclui a central multimídia MyLink, faróis de neblina, vidros elétricos traseiros e computador de bordo. Ainda existe uma versão mais esportiva, o Onix Effect, decorado com adesivos esportivos na carroceria, com volante de base chata, retrovisores em preto brilhante, spoilers na frente e nas laterais e detalhes em vermelho tanto no interior quanto no exterior do carro.
Em termos de motor, o Onix LS é obrigatoriamente equipado com o 1.0L SPE/4, que gera até 80 cv quando abastecido com álcool etanol e 78 cv com gasolina, enquanto o mais luxuoso LTZ e o esportivo Effect são movidos apenas pelo 1.4L SPE/4 que com gasolina obtém 98 cv de potência e 106 cv com álcool no tanque. A versão intermediária LT pode ser equipada com qualquer uma das duas opções de motorização do Onix, ao gosto do consumidor, sendo que ambas utilizam 8 válvulas com controle eletrônico no cabeçote do motor. As versões LS e LT equipadas com o motor 1.0L SPE/4 utilizam transmissão com câmbio manual de 5 velocidades, enquanto os Onix LT, LTZ e Effect com motor 1.4L SPE/4 podem optar entre o mesmo câmbio manual ou pela transmissão automática de 6 marchas.



Onix Activ 2017
Além do conforto para o motorista, a viagem para os passageiros do banco traseiro é muito mais tranquila devido às molas e aos amortecedores recalibrados, que garantem mais maciez.
A versão Activ do Onix chega a ser tão gostosa de dirigir quanto a versão LTZ.  O motor 1.4 flex de 106 cv e 13,9 kgfm caiu super bem com o câmbio automático de seis velocidades, garantindo um bom desempenho em trechos rodoviários e em áreas urbanas. O hatch anda a 120 Km/h com o ponteiro das rotações marcando cerca de 3 mil giros.
No caso da versão automática, as trocas são feitas com rapidez e de forma muito sutil, embora as retomadas não sejam feitas com perfeição.
Em teste de velocidade, o Onix atingiu os 100 km/h partindo de 0 a 12,8 segundos, contra os 10,7 segundos feitos pelo seu concorrente, HB20X. Com o motor renovado e a transmissão GF6 de terceira geração, o Onix é menos potente que o Prisma automático, que atingiu os 100 km/h em 11,3 segundos e pesa cerca de sete quilos a menos.
Com o seu facelift, o Onix ficou mais leve, porém a versão Activ com seus penduricalhos offroad podem ganhar 20 kg na balança.

Consumo

ONIX AZUL

Como era de esperar, o consumo do Onix depende muito da opção de motorização utilizada. As versões LS e LT usando o motor 1.0L SPE/4 aguentam até 9,7 km/l rodando na cidade e 15,6 km/l na estrada quando abastecidos com gasolina e 7,5 km/l urbanos e 11,2 km/l em rodovias usando álcool. Já os Onix LT, LTZ e Effect com motor 1.4L SPE/4 rodam até 9,1 km/l na rua e 14,3 km/l na estrada, com gasolina ou então 8 km/l urbanos e 11 km/l em rodovia com álcool no tanque.

Manutenção

Assim como acontece com quase todo lançamento recente, a manutenção do Onix em qualquer versão, é muito mais fácil nas concessionárias da Chevrolet. Porém, uma vez que o carro compartilha várias características técnicas, especificações e partes com outros veículos da marca norte americana, graças à plataforma global para veículos compactos GAMMA, a rede de oficinas capaz de fornecer serviço ao Onix é bem maior que a esperada. O mesmo ocorre com a disponibilidade de peças de reposição que, com algumas exceções, também são compartilhadas com outros modelos.
Como atrativo para levar os consumidores de volta às concessionárias e manter o nível de serviço ao máximo para o Onix, a Chevrolet tem uma tabela de valores para as revisões periódicas para cada 10.000 quilômetros rodados até a marca de 100.000 km.

Valor de revenda

ONIX AZUL

Ainda que seja difícil mensurar precisamente o valor de revenda de um carro lançado recentemente, o Onix tem se destacado anualmente como um dos melhores preços de revenda na categoria desde 2014, ano seguinte à sua entrada no mercado. Isso se deve principalmente ao bom desempenho do carro ao longo de sua vida útil, mecânica de fácil manutenção e, também, por conta do design atraente que a Chevrolet incutiu ao carro. 

Encontre ofertas de Chevrolet Onix 

Avaliação do veículo

  • Avaliação geral (1 opinião)
    3.9
  • Design  
    4
  • Performance  
    3
  • Conforto e Acabamento 
    3.5
  • Dirigibilidade 
    4
  • Consumo de Combustível 
    4
  • Manutenção 
    4
  • Custo x Benefício 
    5