Truques e dicas para andar de moto

    Com o trânsito cada dia mais intenso e o preço dos combustíveis nas alturas, a decisão de andar de moto tornou-se inevitável. Confira algumas dicas.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Dicas para andar de moto

    Com o trânsito cada dia mais intenso e o preço dos combustíveis nas alturas – e não para de subir –, a decisão de trocar o carro pela moto se tornou inevitável.

    E se você já tomou a decisão e agora está buscando sua primeira moto, confira essas dicas importantíssimas para andar de moto com segurança no trânsito das grandes cidades.

    Foto: Shutterstock

    Reconheça seus próprios limites ao andar de moto

    Se você não está à vontade para encarar o trânsito com uma moto, espere mais um pouco.

    Busque a ajuda de motociclistas mais experientes, para receber dicas e instruções sobre o “estilo de vida”.

    Pratique a direção da moto da mesma forma que praticou para aprender a dirigir um carro

    Se você tem pouca prática com a moto, ande alguns quilômetros nos finais de semana, quando o tráfego é mais leve.

    Equipe-se para andar de moto

    O capacete é o único item de segurança obrigatório para andar de moto, mas não dispense nunca luvas e jaquetas com proteções rígidas nos cotovelos e ombros.

    Ainda quanto ao capacete, prefira um capacete integral ou modular, nunca usando os do tipo “coquinho”.

    Se preferir os capacetes abertos, proteja os olhos com óculos especiais ou escolha um com viseira.

    Outra dica é: prefira utilizar botas ao invés de tênis, ao dirigir uma moto. Outros veículos podem passar por cima do seu pé quando você menos esperar, e quanto mais proteção você tiver nesse momento, melhor.

    A condução de uma moto deve ser sempre suave

    Seja de modo rápido ou lento, pilote a sua moto de forma sempre suave. Evite manobras bruscas, acelerações despropositadas e travamento de rodas em frenagens.

    Ao andar de moto, mostre-se

    Ao andar de moto, vista cores chamativas com refletivos e mantenha sempre seu conjunto óptico em dia.

    Além disso, mantenha sempre as luzes da moto acesas, seja de noite ou de dia, e não retire os piscas nem os retrovisores de sua moto por questões de estética – além de isso ser proibido, é muito imprudente.

    E no caso de dúvidas, se achar que as pessoas não estão te vendo, não hesite em sinalizar suas manobras com gestos.

    Ao andar de moto, esteja sempre alerta

    Mesmo em ambientes tranquilos, as armadilhas estão sempre lá, então evite-as permanecendo em estado de alerta e esperando sempre o pior de cada situação.

    Também busque circular sempre a uma distância de segurança razoável do veículo da frente e procure não ser seguido de perto por outro veículo.

    Se necessário, acione o freio rapidamente para “assustar” o outro motorista e afastá-lo.

    Conduza a moto com os “olhos”, em função do que vê e não se fixe só no carro que vai à frente.

    O local em que olhar será onde as rodas da moto passarão. Não fixe o seu olhar nos obstáculos e, sim, no espaço livre pelo qual você passará.

    Olhe para o espaço ao lado do buraco que você terá que desviar, e não para o buraco em si.

    Busque antecipar o que todos os carros ao seu redor planejam fazer, considerando os ensinamentos de direção defensiva de um carro normal, aqui também.

    Assim, se um carro mais distante frear, você estará preparado.

    Não entre em curvas com velocidade exagerada, se você não tiver visibilidade do que há ao virar a esquina.

    Pode haver algo inesperado e você pode não conseguir agir de forma rápida.

    Do mesmo modo, não fique parado após uma curva ou esquina de pouca visibilidade.

    Ao andar de moto, tome cuidado com motoristas ao celular

    Um carro que circula muito devagar em uma faixa de trânsito rápido pode ser em virtude de o motorista estar conversando no celular ou enviando mensagens, portanto, afaste-se.

    Se vir alguém utilizado o celular, espere pelo pior, pois manobras inesperadas podem acontecer a qualquer momento sem ser sinalizada.

    Ao andar de moto, tome cuidado com carros parados.

    Nunca ultrapasse pela direita em uma fila de carros parados. Qualquer carro parado com uma pessoa sentada ao volante pode efetuar uma conversão sem aviso.

    Quando o congestionamento está pesado, os automóveis tendem a trocar de faixa quando encontram um “buraco” na outra fila. Fique atento a esse tipo de manobra.

    Ao andar de moto no corredor tome alguns cuidados

    Ao circular entre as faixas de carro, no famoso “corredor”, não exagere na velocidade e garanta estar sendo visto por todos, e, se tiver motos mais rápidas o seguindo, deixe-as passar.

    Não force a velocidade para se manter na frente.

    Quando circular entre as filas de carro, prefira seguir a ser seguido.

    O que vai à frente abre o caminho, chamando a atenção dos motorista para a presença das motos, mas também corre mais riscos.

    Ao andar de moto na faixa tome alguns cuidados

    Ao circular de moto na faixa, nunca ande encostado no meio-fio à direita.

    Assim você poderá ser ultrapassado “sem dó nem piedade” na sua própria faixa.

    Mantenha-se no centro da via, e quando for ultrapassar, faça de uma vez e sem hesitar.

    Confira me nosso site as melhores ofertas de motos usadas à venda.