HB20 ganha primeira reestilização

    A Hyundai mostrou no dia 21 de setembro a linha 2016 do HB20, o hatch mais vendido da marca no Brasil, cujas vendas começaram na sexta passada, dia 10/10.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Linha 2016 do HB20

    A Hyundai mostrou no dia 21 de setembro, em Atibaia – SP a linha 2016 do HB20.

    O hatch, que é o mais vendido da marca no Brasil passou pela primeira reestilização, exatos três anos após ser lançado.

    As vendas começaram na sexta-feira passada, dia 10 de outubro.

    A reformulação visual do HB20 é baseada no conceito Escultura Fluida 2.0, adotada globalmente pela marca.

    A principal mudança é na dianteira. O compacto ganhou uma nova grade, com formato hexagonal e acabamento cromado.

    Os para-choques, tanto dianteiro como traseiro também foram redesenhados.

    Faróis e lanternas do HB20 também passaram por mudanças. Na frente, agora o modelo oferece luzes diurnas de LED, enquanto as lanternas, que não tiveram o formato alterado, ganharam nova disposição nas luzes.

    Foto: Hyundai/divulgação

    Quebra-cabeça de versões

    A grande questão para o consumidor, no entanto, é o conjunto ótico reformulado, que não está disponível em todas as versões do novo HB20 2016.

    É preciso “quebrar a cabeça” para entender qual mudança se aplica a cada versão.

    Apenas a versão topo de linha, Premium, recebe todas as mudanças.

    A Comfort Style, imediatamente abaixo, não ganha os faróis com LED, enquanto as mais simples, Comfort Plus e Comfort só recebem a grade redesenhada, e continuam oferecendo faróis e lanternas “velhos”.

    Foto: Hyundai/divulgação

    No interior, a novidade são os novos tecidos dos bancos. Todas as versões ganharam novos equipamentos. Veja os principais itens de cada uma:

    HB20 2016 Comfort: na opção básica do HB20 2016, os vidros elétricos são novidade. Além disso, há direção hidráulica, ar-condicionado, travas elétricas e rádio com entrada USB e Bluetooth e comandos no volante.

    HB20 2016 Comfort Plus: neste catálogo, o HB20 ganhou retrovisores elétricos. Além disso, há travamento automático das portas, chave do tipo canivete, vidros elétricos traseiros, alarme e maçanetas e retrovisores na cor do veículo.

    HB20 2016 Comfort Style: para a linha 2016 do HB20, esta versão passa a contar com vidros elétricos com função “um toque” em todas as janelas e fechamento pela chave. Em relação às anteriores, há também rodas de liga-leve e iluminação no porta-malas.

    HB20 2016 Premium: a opção mais completa do HB20 2016 ganhou ar-condicionado digital. Ela também é a única a sair de série com faróis com luzes diurnas de LED, maçanetas cromadas, frisos nos vidros laterais, volante e alavanca de câmbio revestidos em couro, sensores de luz e ré e banco traseiro bipartido.

    Lista de Opcionais

    Outros equipamentos que a Hyundai alardeia como novos, porém, são oferecidos apenas como opcionais para a versão Premium do HB20 2016.

    São eles, bancos e acabamento de couro marrom, airbags laterais e uma nova central multimídia, com possibilidade de espelhamento.

    O equipamento traz tela com touchscreen capacitivo (semelhante à de smartphones) de 7 polegadas, compatível com Car Link em aparelhos LG e Samsung.

    Usuários de smartphones com plataforma Android, mas de outras marcas podem não conseguir o acesso.

    Já a tecnologia CarPlay, para dispositivos Apple, só estará disponível em 2016. “Neste primeiro momento, nossa central irá cobrir 90% no número de aparelhos vendidos, que são da Samsung, Apple e LG“, disse Rodolfo Stopa, gerente de produto da Hyundai.

    Na função Car Link, a tela poderá espelhar aplicativos de mapas, como Waze e Google Maps e streaming de áudio, como Spotify, Deezer e Rdio.

    Além destes, quando o veículo está parado, o usuário também conta com redes sociais, como o Facebook, e serviços de mensagens instantâneas, como o WhatsApp.

    Mecânica Aprimorada

    As versões 1.6 do Hyundai HB20 também ganharam novos câmbios. Na manual, a caixa de 5 marchas foi substituída por uma de 6 velocidades, já usada no exterior em modelos como o Kia Soul.

    Na configuração automática, a ultrapassada transmissão de 4 marchas foi substituída por uma de 6 marchas, com trocas sequenciais.

    Este motor também passou a contar com sistema de partida a frio, que elimina o tanquinho auxiliar.

    A potência, de 128 cavalos com etanol, não mudou. Já o motor 1.0 de três cilindros não teve mudanças no câmbio.

    Em comum para os dois motores foi a redução de atrito nos componentes internos, assim como a troca dos pneus por exemplares “verdes”. Com isso, o consumo foi reduzido.

    Na tabela do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, o modelo passou da nota B para A, quando equipado com o motor 1.6.

    Confira em nosso site as melhores ofertas do HB20 usado à venda.