Conheça mais o Chevrolet Cobalt 2017

    O Cobalt 2017 se tornou um dos ícones de conectividade da marca americana Chevrolet. Saiba mais sobre as novidades do sedã!

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão3 anos atrás

    Chevrolet Cobalt 2017

    O Cobalt 2017 se tornou um dos ícones de conectividade da marca americana Chevrolet.

    Dentre as novidades do sedã médio, estão: direção elétrica de série, um novo câmbio manual de seis marchas, suspensão recalibrada, verificação da pressão dos pneus (que agora têm baixa resistência à rolagem) e várias atualizações mecânicas para que o Cobalt se tornasse mais econômico.

    Foto: Chevrolet/divulgação

    O motor 1.8 flex recebeu uma atualização e conta com novos componentes e reajustes.

    O quatro cilindros 1.8 SPE/4 ECO rende cerca de 111 cv e 17,7 kgfm de torque.

    Agora, o sedã conta com a segunda geração da central multimídia Mylink, compatível com Android Auto e Apple CarPlay.

    Passando por todas essas mudanças, o Cobalt passa a custar R$62.190 para a versão de entrada e R$68.990 para a versão topo de linha.

    Segundo a Chevrolet, como o sedã está cerca de 36 quilos mais leve, a economia chega a aumentar em 21%. Mas será que é realmente isso que acontece na prática?

    Foto: Chevrolet/divulgação

    Na versão anterior, a média de consumo era de 6,4 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada.

    A linha 2017 bebe um pouco mais no trecho rodoviário: 6,1 km/l e 10,4 km/l no trecho urbano.

    Ou seja, não são os bons resultados prometidos pela Chevrolet.

    Mesmo não estando mais econômico, a perda de peso e o motor atualizado trouxeram alguns benefícios ao Cobalt.

    Em teste, o sedã fez de zero a 100 km/h em 10,3 segundos.

    Na prova de retomada, o sedã renovado também se saiu bem! Foi de 60 km/h a 100 km/h em 6 segundos, contra os 7 da versão antiga.

    Mas será que vale a compra?

    O Cobalt Elite se sai melhor para motoristas mais sofisticados, visto que a Chevrolet disponibiliza um pacote de opcionais por 2 mil reais, contendo: desenho exclusivo das rodas, banco de couro, câmera de ré, sensor de chuva e sensor crepuscular.

    A central multimídia é moderna e o acabamento interno foi otimizado. O porta-malas do Cobalt supera o dos seus raivais, com 541 litros.

    O sedã peca um pouco na segurança, pois não vem com alguns itens, como: isofix, cinto de três pontos e encosto de cabeça para o passageiro central do banco de trás.

    Confira as melhores ofertas do Cobalt usado à venda.