Chevrolet Agile LTZ vs. Onix LTZ. Qual a melhor opção?

    Quando lançou o Onix, a Chevrolet afirmou que o ele pertencia a uma categoria diferente da do Agile. Mas os números de emplacamento mostraram o contrário.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Agile x Onix

    Quando lançou o Onix no fim de 2012, a Chevrolet afirmou que o novo hatch pertencia a uma categoria diferente da do Agile e que não incomodaria s vendas do seu “irmão mais velho”. Passados apenas alguns meses, os números de emplacamento divulgados pela Fenabrave já mostraram que a GM errou em sua estimativa – ou acertou em uma estratégia não revelada.

    Já no primeiro semestre de 2013, o Onix foi o sexto veículo mais emplacado no mercado brasileiro, com 28.590 unidades, enquanto o Agile assiste o sucesso do irmão mais novo na distante 24ª colocação, com 9.551 unidades emplacadas – no mesmo período de 2012, o Agile estava na 11ª colocação, com 19.722 unidades.

    Mas, verdade seja dita, não é difícil entender o sucesso do Onix, a começar pelo visual que causa menos polemica por onde passa.

    Dinamicamente, o novato também mostra um projeto mais maduro sob diversos aspectos em relação ao Agile: os novos ajustes no motor tornaram-no menos áspero, com melhor desempenho, mais forca em baixas rotações, além de consumo de combustível sensivelmente inferior ao oferecido pelo veterano.

    As melhorias também envolvem o isolamento acústico, o câmbio de manuseio mais agradável, a direção mais precisa e a suspensão mais confortável.

    Embora o Onix custe R$770 a mais quando as versões topo de linha TLZ são comparadas, o hatch oferece, além da mesma lista de itens de série do seu irmão mais velho, retrovisores elétricos e utiliza o sistema multimídia MyLink, com tela tátil de 7” – tecnologia que vem como destaque no segmento.

    Mas Onix também tem pontos fracos. Ele oferece menos espaço para os ocupantes, seu porta-malas é menor – 280 litros, ante 327 do Agile –, e o custo de suas revisões até os 30.000 km é R$372 mais alto. Para piorar, segundo a tabela Fipe, após o primeiro ano de uso, um Agile LTZ perde R$4.206 do valor total, enquanto o Onix LTZ deprecia expressivos R$6.006.

    Apesar dos maiores gastos financeiros, a soma dos fatores ainda aponta para o Onix como a escolha lógica para quem busca o melhor custo-benefício – e por uma boa margem. Seu sucesso de vendas, inclusive, pode indicar que o Agile já começa a ter seus dias contados para deixar as vendas no Brasil.

    Chevrolet Agile LTZ

    Motor: 4 cilindros, dianteiro, transversal, flex; Cilindrada: 1396cm³; Cabeçote: 2 válvulas por cilindro; Potência: 102 cv (E) 6000 rpm; Torque: 13,5 mkgf (E) a 3200 rpm;  Câmbio: manual, 5 marchas; Tração: dianteira; Comprimento: 3,99m; Largura: 1,68m; Altura: 1,53m; Entre-eixos: 2,54m; Porta-malas: 327l; Peso: 1140kg.

    Foto: Chevrolet/divulgação

    Chevrolet Onix LTZ

    Motor: 4 cilindros, dianteiro, transversal, flex; Cilindrada: 1396cm³; Cabeçote: 2 válvulas por cilindro; Potência: 106 cv (E) 6000 rpm; Torque: 13,9 mkgf (E) a 4800 rpm;  Câmbio: manual, 5 marchas; Tração: dianteira; Comprimento: 3,93m; Largura: 1,70m; Altura: 1,48m; Entre-eixos: 2,52m; Porta-malas: 280l; Peso: 1067kg.

    Foto: Chevrolet/divulgação

    Confira em nosso site as melhores ofertas do Onix usado e Agile usado à venda.