BMW Série 6 alia desempenho, conforto e sofisticação em três carrocerias distintas

    Na última edição do Salão de Detroit, a BMW adiantou o face-lift do BMW Série 6. O modelo chegou em março na Europa e deve chegar no Brasil ainda esse ano.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão5 anos atrás

    BMW Série 6

    Todo ano, o Salão de Detroit é o primeiro entre os eventos importantes do setor.

    E é na “Motor City” que grandes marcas revelam suas apostas para o mercado de automóveis.

    Mas na última edição do evento norte-americano, realizada em janeiro, a BMW não estava muito preocupada em adiantar os planos para o futuro.

    A marca alemã levou para a cidade norte-americana apenas a tímida reestilização do BMW Série 6 em suas três carrocerias: cupê, conversível e sedã.

    O modelo chegou em março às lojas europeias e deve aparecer no Brasil ainda esse ano.

    Foto: divulgação

    As três variantes passaram por um suave face-lift, quase imperceptível na verdade.

    Alterações nos para-choques, vincos do capô, introdução de luzes de leds nos faróis e novas opções de cores metálicas, como o prata Glacier, prata Chashmere, vermelho Melbourne e azul Mediterranean.

    Por dentro, as mudanças abrangem a forração dos bancos, que podem se tornar opcionalmente bicolor.

    O que não mudou foi a lista de motores. Independentemente de ser duas portas, três volumes ou não ter capota, a gama do Série 6 compartilha dois propulsores a gasolina.

    O da versão 640i é um seis cilindros 3.0 litros turbinado capaz de fornecer 320 cv e 45,9 kgfm de torque. Já na 650i são 450 cv de potencia extraídos do motor V8 4.4 litros turbo, além do torque ser de 66,3 kgfm.

    Na Europa, existe uma versão diesel – 640d –, que atende às normas de emissão Euro 6.

    O motor é um seis cilindros 3.0 litros turbo de 313 cv e 64,2 kgfm.

    Foto: divulgação

    Ainda há as versos preparadas pela divisão esportiva Motorsport. No caso da M6, quem fica sob o capô é um 4.0 litros biturbo de 560 cv – a BMW ainda oferece um kit para elevar a potencia para 575 cv.

    A motorização mais forte consegue cumprir o zero a 100km/h entre 4,2 e 4,4 segundos, dependendo da configuração.

    Como é tradição na BMW, toda a forca gerada é jogada para as rodas traseiras. Porém, agora a BMW oferece a opção da tração integral – chamada dexDrive – para toda a linha do Série 6.

    Os preços do novo Série 6 praticados na Europa começam em 88.900 euros – cerca de R$305 mil – pela versão cupê. Para ter duas portas a mais, o valor sobre para 90.900 euros – o equivalente a R$312 mil – pela GranCoupé.

    Já a charmosa versão conversível é a mais dispendiosa e sai por 98.900 – R$243 mil.

    Foto: divulgação

    O face-lift do Série 6 é muito leve e não chega a prejudicar o equilíbrio das linhas e nem o conteúdo, que esta muito perto da perfeição.

    Vale lembrar que este modelo ganhou vários prêmios internacionais.

    A principal mudança na estética esta nos faróis de leds, que agora são de série.

    Tanto o para-choque dianteiro quanto o traseiro forma redesenhados, as setas se integram ao espelho retrovisor e as rodas de liga leve ganharam novos tons.

    Os equipamentos de fábrica estão ainda mais completos.

    Agora vem com assento de couro, sistema de navegação, head-up display totalmente colorido, regulagem da assistência na direção e um sistema que atua sobre as barras estabilizadoras e os amortecedores, para tornar a condução ainda mais incisiva.

    O caráter esportivo do carro é enfatizado a cada troca de marcha e a cada retomada de velocidade.

    A direção é direta, a posição de condução é confortável e o som do motor é realmente agradável.

    Um carro que combina conforto e desempenho da melhor maneira.

    Confira em nosso site as melhores ofertas dos carro BMW à venda.