5 dicas para conviver com vizinhos barulhentos

    A vida de quem tem que conviver com vizinhos barulhentos não é simples, mas esse não precisa ser um problema sem solução. Confira as dicas que preparamos.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Vizinhos barulhentos

    Salto alto às 23h, bebê chorando madrugada adentro, brigas a qualquer hora do dia.

    A vida de quem tem que conviver com vizinhos barulhentos não é simples, mas esse não precisa ser um problema sem solução.

    O primeiro passo é sempre buscar alternativas amigável e com conversa, para só então, caso este método não funcione, você apelar para a administração do condomínio.

    Confira as dicas que nós, do Portal Chaves na Mão preparamos para te ajudar:

    Comece sempre conversando

    Muitas vezes o seu vizinho barulhento nem sabe que está incomodando quem mora ao seu redor.

    Então, antes de tomar qualquer atitude radical, procure seu vizinho e explique o problema, colocando suas razões para estar incomodado.

    A maioria das coisas podem ser resolvidas muito facilmente, por exemplo, se o problema for com barulho de salto – basta que a vizinha coloque tapetes em casa ou pare de usar o sapato de madrugada.

    É claro que outros barulhos como choro de bebê e latido de cachorro exigem um pouco mais de paciência da sua parte, pois são questões incontroláveis.

    Lembre-se que bom senso de ambos os lados é indispensável.

    Entre em contato com o condomínio

    Conversou com seu vizinho, mas ele nem ao menos se esforçou para mudar com relação ao barulho?

    O próximo passo, então, no caso de quem vive em apartamento, é apelar para o condomínio.

    Informe ao síndico sobre o problema e deixe que ele, a administradora ou até mesmo o advogado do condomínio tome providências legais com relação à isso.

    Apele para o Drywall

    Não quer se aborrecer ou reconhece que barulhos como choro de bebê não possuem uma solução a curto prazo?

    Então proteja a sua casa de ruídos externos.

    Uma opção para tal é instalar um teto de drywall, que evita que você escute ruídos aéreos.

    E não só no teto, o revestimento também pode ser adicionado à paredes já construídas, evitando o quebra-quebra.

    Troque as janelas e os basculantes

    Caso os barulhos venham de fora da sua casa, do prédio da frente, por exemplo, uma boa solução é trocar janelas por modelos que permitam isolamento acústico e vedação completa.

    Esta opção só é válida para quem mora em edifícios que permitam alteração da fachada, pois este modelo de janela abre para fora, o que é proibido em alguns condomínios.

    Opte por portas antirruídos

    O barulho que incomoda vem da varanda? Então instale uma porta antirruído por dentro.

    A peça funciona como uma segunda porta instalada de forma sobreposta a que já existe, sem precisar quebrar nada nem trocar peças para instalar!

    Confira em nosso site as melhores ofertas de imóveis à venda.