ITBI e a venda do primeiro imóvel do cliente

Corretor de imóveis, antes de iniciar a negociação para a venda do primeiro imóvel do cliente, você precisa ler este post!

Chaves na MãoPor : Chaves na Mão1 ano atrás

Corretor de imóveis, antes de iniciar a negociação para a venda do primeiro imóvel do cliente, você precisa ler este post!

Antes de qualquer coisa, você, corretor de imóveis, já deve saber que existem diversos detalhes que o seu cliente observará antes de fechar negócio e, estes detalhes, envolvem questões burocráticas, como impostos, por exemplo.

corretor de imóveis

Mas, pode haver alguns clientes, como os compradores de imóveis de primeira viagem, que não entendem esta grande perspectiva. Para facilitar a negociação, é aqui que você precisa entrar em ação e mostrar os seus melhores dotes como corretor de imóveis.

O ITBI é um dos detalhes importantes que aparecem na negociação que você precisa orientar ao seu cliente! Para deixar tudo bem claro, vamos explicar brevemente o que significa o ITBI.

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis, também chamado de ITBI, é uma taxa cobrada pela prefeitura do município, que precisa ser paga além dos gastos com escritura e registro!

A alíquota é de 2% a 3% do valor do imóvel, mas esta porcentagem varia de uma cidade à outra. Podem ter algumas situações que o percentual pode ser abatido ou até haver a isenção.

Caso o pagamento seja feito antes da lavratura de escritura, ou do início do financiamento, o percentual também pode ficar mais baixo!

Segundo a Lei 6.941, de 1981, os compradores de primeira viagem podem pagar até 50% mais barato às taxas de registro de escritura no cartório. O desconto precisa ser solicitado no cartório!

corretor de imóveis

Corretor, agora o assunto é o atendimento ao seu cliente de primeira viagem!

Primeiro, tenha em mente que esta é uma das maiores conquistas de seu cliente, ainda mais quando se trata do primeiro imóvel da sua vida.

Para ficar mais fácil, lembre-se de quando comprou o seu primeiro imóvel. Agora, imagine se o seu corretor de imóveis tivesse sido alguém como você, com as mesmas atitudes, como seria a sua satisfação no final da negociação?

Tenha isto em mente para realizar o atendimento ao seu cliente. Estar à disposição, escutá-lo, entender as suas necessidades e buscar as melhores soluções são ações chave para garantir a satisfação do seu novo cliente.

E lembre-se que ele não ficará neste imóvel para sempre! Faça de tudo para que você seja a primeira opção para ajudá-lo a adquirir um novo imóvel.

Os compradores de hoje em dia, estão buscando cada vez mais por realizações pessoais. Ter isto em mente pode ser ótimo para personalizar o atendimento e olhar cada cliente como único, além de apresentar soluções perfeitas para cada um deles!

A tecnologia será a sua aliada!

As ferramentas que a tecnologia oferece podem lhe ajudar (e muito!) não só durante a negociação, mas também no momento inicial, para buscar novos clientes.

Para saber mais e evoluir no quesito relacionamento e tecnologias que vão lhe ajudar, aqui vai uma sugestão de leitura: Corretor de imóveis: dicas de follow-up na negociação. Vale a pena conferir!

E mais:

Financiamento de imóvel: oriente o seu cliente da melhor forma!

O financiamento de imóvel pode ser uma das etapas mais temidas pelos compradores, sabe por quê? O tempo médio de financiamento é de 20 a 30 anos, sendo um longo prazo, o que pode gerar dúvidas se ele conseguirá cumprir com o pagamento.

corretor de imóveis

Para acabar com esse medo e para que você saiba como aconselhar o seu cliente, aqui vão algumas dicas sobre o financiamento de imóveis!

Calcule os valores mínimos

O primeiro passo é começar pelos valores mínimos. Um bom exemplo é a renda necessária para ter o crédito aprovado. Uma boa orientação que você pode dar ao seu cliente é que o valor da prestação não pode ser maior do que 30% da renda mensal.

É preciso levar em consideração mais algumas questões além da renda mensal do cliente. Caso ele, ou ela, seja casado(a), a renda a ser computada será maior, possibilitando a compra de um imóvel de maior porte.

O valor de entrada não pode cair no esquecimento. A entrada pode variar de acordo com o tipo de financiamento, podendo ser de 30% a 40% do valor do imóvel. Assim, o cliente precisará ter este dinheiro em mãos!

corretor de imóveis

Para deixar tudo muito mais claro, faça simulações!

Aposte em ferramentas para simular o financiamento. É preciso saber o valor do imóvel para a taxa de juros anual. Simples assim! Com isso, o seu cliente poderá ter uma noção maior de como ficarão as suas despesas a partir do momento da compra.

Esta simulação também servirá para definir qual o melhor estilo de financiamento se encaixa no orçamento do seu cliente!

Confira as melhores ofertas de imóveis à venda.

Leia mais em:

>> Corretor de imóveis: saiba quais as principais táticas para captar imóveis

>> Venda de imóveis: você sabe o que é social selling?

>> Técnicas de vendas: dicas para fechar bons negócios

Relacionadas

Encontre o imóvel ideal para comprar ou alugar com várias ofertas.