7 Passos para Se Tornar um Corretor de Imóveis. (O #3 vai te surpreender)

    Ser um corretor imobiliario exige responsabilidade e dedicação. Conheça aqui no blog do Chaves na Mão os passos para ingressar nesta carreira!

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão3 horas atrás

    Siga o nosso guia de como ser um agente imobiliário e tenha sucesso na área!

    Uma carreira no mercado imobiliário pode ser altamente gratificante. E há vários motivos para isso. O crescimento da população é um deles. 

    O aumento da demanda por propriedades residenciais e comerciais nas grandes e pequenas cidades é outro. 

    Portanto, atuar no mercado de compra e venda de imóveis é certamente uma ótima ideia. 

    Nesse sentido, tomar medidas viáveis ​​para iniciar uma carreira de sucesso no mercado imobiliário é essencial

    Mas será que já te contaram tudo sobre ser corretor de imóveis? É por isso que nesse artigo você vai:

    1. Saber os cursos voltados à formação de um agente imobiliário
    2. O que deve ser feito para se ter um estágio profissional na área
    3. Como transformar a sua forma de pensar para melhor atuação no setor de imóveis
    4. A importância do diploma para a atuação de um profissional da área imobiliária
    5. Como solicitar a carteira profissional
    6. Os dois principais segredos para o sucesso no ramo
    7. O que fazer para conseguir certificação para atuar no mercado internacional

    Continue lendo para ver tudo o que precisa saber para ser corretor de imóveis quanto ao passo a passo para atuar de forma legalizada no Brasil.

    1. Faça um curso técnico ou tecnológico

    A primeira coisa a se fazer no nosso passo a passo de como ser um agente imobiliário no Brasil é uma graduação ou curso técnico na área. 

    E há várias opções de formação para aqueles que desejam saber como se tornar um corretor de imóveis.

    Exemplos de curso para ser um agente imobiliário

    Ter formação em Técnico em Transações Imobiliárias, Gestão Imobiliária ou Negócios Imobiliários são algumas das possibilidades de caminho a se trilhar.

    A duração dos cursos pode ser de quatro meses (curso técnico) a dois anos (curso tecnológico).

    Os estudos podem de forma presencial ou à distância. A instituição que os oferecer deve ser credenciada no MEC.

    A grade curricular geralmente inclui disciplinas como Administração, Economia, Orçamentos e Direito. 

    Os conteúdos também incluem políticas urbanas e avaliação de imóveis à venda. 

    2. Realize um estágio profissional

    Realizar um estágio profissional em uma imobiliária é outra etapa muito importante para trabalhar de forma legalizada no Brasil. 

    Para isso, é necessário inicialmente solicitar a declaração de matrícula no curso que você escolheu.

    Depois, vá até o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) do seu estado para preencher o formulário de Inscrição de Estagiário (alguns estados disponibilizam o documento na internet).

    Em seguida, reúna todos os documentos exigidos pelo órgão fiscalizador, entregue-os na sede do órgão e solicite a sua carteira de estagiário

    Após isso, é só buscar empresas do setor imobiliário para fazer o seu estágio supervisionado a fim de saber melhor como ser corretor imobiliário. 

    Vale a pena ressaltar que essa etapa deve ser levada bastante a sério, afinal é nesta fase que surge a chance de aprender a profissão na prática.

    Além, claro, de você poder fazer contatos com outros agentes imobiliários e até com pessoas que poderão ser seus possíveis clientes no futuro.

    3. Busque construir uma visão psicológica do negócio

    Como você pôde ver no título, esse terceiro passo realmente é de surpreender. 

    Afinal, o que psicologia teria a ver com o mercado imobiliário? Será que estamos falando para você se tornar psicólogo? Na realidade, não é nada disso, não.

    Ainda no estágio profissional, é necessário desenvolver desde já uma visão psicológica de como ser corretor de imóveis.

    Isso no sentido de tentar entender desde cedo as mentes de potenciais compradores de propriedades imobiliárias.

    Ter uma mentalidade mais voltada ao comprador do que às propriedades em si ajudará você a fazer uma apresentação melhor e mais personalizada de propriedades à venda.

    Assim, potenciais compradores se identificarão mais com o que você está falando – pois, afinal, você os conhecerá muito bem, e falará exatamente tudo o que querem ouvir.

    4. Receba seu diploma

    Ao ser aprovado em todas as disciplinas do curso de sua escolha, e após ter feito o Relatório de Estágio Supervisionado, você estará apto para receber o seu diploma. O documento é essencial para a etapa a seguir.

    É necessário ter ensino superior para ser agente de imóveis?

    Assim como profissões como jornalista e chef de cozinha, o ensino superior não é obrigatório para atuar como agente imobiliário.

    No entanto, é inegável que um diploma pode enriquecer o seu currículo e aumentar as chances de você ter sucesso por conta própria ou em uma imobiliária de grande porte.

    Além disso, é importante ressaltar que os conselhos regionais têm exigido ao menos um curso técnico na área para a emissão da carteira profissional.

    E a carteira profissional é requisito imprescindível para atuar de forma legalizada como agente imobiliário no Brasil. Falaremos mais sobre isso no tópico seguinte.

    5. Solicite sua carteira definitiva de corretor

    Agora que já realizou todos os passos anteriores de como ser um profissional da área de propriedades para vender, finalmente já pode ter a sua carteira definitiva de agente imobiliário. 

    A carteira deve ser solicitado no CRECI do seu estado

    Alguns documentos exigidos para ter a carteira do CRECI são a comprovação de alistamento militar e a cópia autenticada de comprovante de conclusão do Ensino Médio.

    A certidão de nascimento ou casamento, o comprovante de endereço com CEP e uma cópia do Registro Nacional de Estrangeiro também pode ser solicitada.

    Interessante citar que, com a pandemia, passou a existir também a facilidade de se ter uma carteira digital de corretor.

    6. Ganhe mais conhecimento de mercado e crie uma boa lista de clientes para se solidificar e se manter no ramo imobiliário

    Não pense que depois de tirar a sua carteira profissional o desafio acaba por aí. Na realidade, é agora que o jogo realmente começa.

    Desde o início da sua prática profissional você deve buscar ser o melhor para se destacar da concorrência e conseguir se manter no mercado imobiliário. 

    Hoje em dia, a coisa importante que potenciais compradores verificam em um profissional da área imobiliária é se ele tem um bom conhecimento do mercado em que determinada propriedade está situada. 

    É por isso que você, como agente imobiliário, deve saber qual é a situação de oferta e demanda na sua região, bem como as instalações ao redor das propriedades que você anuncia e assim por diante. 

    Se sentir que ainda não tem muito conhecimento do mercado imobiliário, então compre livros, converse mais com outros agentes de imóveis, participe de congressos e seminários da sua área e invista em cursos profissionalizantes.

    Ter conhecimento do mercado online de apartamentos à venda e das Normas de Publicidade Imobiliária também é importante, uma vez que muitos profissionais tradicionais da área estão migrando para a Internet.

    Além disso, busque criar uma lista de clientes (ou clientes em potencial). E tenha ela sempre em mãos! 

    Assim, quando houver oportunidades de terrenos à venda, você será a pessoa certa para fazer a ponte entre essas propriedades e os clientes que conhece.

    7. Se sente que ainda pode ir além, não hesite em ter um pensamento internacional

    Após sentir que já sabe todas as dicas para se tornar um corretor de imóveis de sucesso, talvez possa ter chegado a hora de você se tornar internacional.

    Poucas pessoas que almejam trabalhar com kitnet para alugar sabem disso, mas existe uma certificação internacional para a profissão chamada CIPS, ou Certified International Property Specialist (Especialista em Negócios Internacionais).

    Para obter sua licença internacional, você deve fazer os cursos de certificação CIPS, única reconhecida pela National Association of Realtors.

    No total, há cinco cursos de oito horas ensinando como ser um agente imobiliário internacional. Depois de obter sua certificação, ela é válida por três anos

    Conclusão

    Entrar no mercado imobiliário não é tão fácil quanto pode parecer; é um campo desafiador! 

    Mas tornar-se um agente da área imobiliária é o seu melhor negócio se você for uma pessoa proativa e adorar trabalhar ao ar livre.

    Gostar de conhecer gente nova e querer construir um império com sua visão, trabalho árduo e planejamento estratégico também são características que combinam!

    Se você achou este artigo sobre como ser um agente imobiliário útil, siga-nos nas redes sociais e aumente ainda mais o seu conhecimento!