Hora de fazer uma proposta para comprar ou alugar um imóvel O momento em que seu dinheiro pode valer mais

5 Agora que você já tem o imóvel favorito, até quanto consegue ganhar em descontos no aluguel ou na compra? Preparamos algumas orientações para não se levar pela emoção e conseguir um contrato financeiramente vantajoso!

Até quanto de desconto posso pedir?

A negociação é a busca por um equilíbrio entre o que você deseja pagar e por quanto a outra parte quer vender. Cada uma das partes argumenta com elementos que valorizam o imóvel ou desvalorizam, dependendo do interesse.

Muitas pessoas têm medo de pedir desconto, especialmente em grandes negociações como a compra de um imóvel ou um contrato de aluguel. Porém, muitos proprietários e imobiliárias já adicionam no preço uma margem para negociações.

Para você negociar com segurança, é preciso entender se o imóvel vale o preço. Por isso, separamos diversos elementos que influenciam no preço de venda e no valor do aluguel dos imóveis.

Faça uma avaliação desses pontos no seu imóvel de interesse e questione: ele realmente vale o que estão pedindo?

Elementos que valorizam um imóvel

A REGIÃO

Bairro imóvel
  • Bairro

    Comércio e serviços próximos como supermercados, bancos, hospitais, farmácias e shoppings valorizam o imóvel. A proximidade de estádios de futebol, parques, praças e outras opções de lazer também contam.

    Regiões bonitas e bem cuidadas agregam valor ao imóvel, assim como a facilidade de acesso a rotas importantes na cidade, como ruas e avenidas importantes. Analise também as tendências de ocupação das vizinhanças.

  • Clima

    Verifique como o clima influência o dia a dia dos moradores. Há regiões que sofrem com inundações e vendavais, por isso veja se há rios próximos e converse com os vizinhos para conhecer a região. Uma alternativa é pesquisar na internet por notícias sobre desastres naturais.

    Se a região for comprometida por fenômenos naturais em um nível preocupante, verifique se pelo menos o imóvel possui algum tipo de proteção. No caso de enchentes, por exemplo, o prédio pode ter calhas com maior volume de escoamento, evitando o alagamento do estacionamento. Em regiões residenciais, as casas e sobrados mais altos têm vantagem no caso de enchentes ou chuvas fortes.

  • Lazer

    As opções de lazer de um imóvel podem estar próximas do imóvel ou dentro dos condomínios.

    Atualmente os condomínios recebem grande atenção das construtoras, que oferecem serviços muito além do básico como churrasqueira e salão de festas. Hoje encontramos academias, piscina, saunas, salas de cinema, espaços de relaxamento e brinquedotecas para as crianças.

    Durante uma negociação, você deve considerar dois pontos. Primeiro: essas facilidades realmente incrementam o valor do imóvel? Segundo: o fato de encarecerem o condomínio pode ser um argumento para redução do preço ou do aluguel.

ESTRUTURA DO IMÓVEL

  • Planta

    Como é a distribuição dos cômodos do imóvel? A planta facilita o uso dos espaços? Esses elementos influenciam no preço final, pois têm a ver com o nível de investimento no planejamento do imóvel. Um imóvel bem planejado é fácil de usar, possui pontos de luz bem colocados e há espaços adequados para móveis e utensílios.

  • Iluminação e ventilação natural

    É possível verificar a valorização dos imóveis quanto à posição do sol, especialmente em condomínios. As unidades que recebem sol nascente são as mais caras, e as mais baratas muitas vezes recebem o sol poente ou nem recebem sol diretamente.

    Essa variação também acontece com a vista dos quartos e da sala de estar. Quanto mais privilegiada a vista, mais vale o imóvel.

    A iluminação e a ventilação natural são desejáveis, pois deixam o ambiente mais saudável. Além de facilitar a lavagem de roupas, trazem mais conforto térmico para o imóvel.

  • Vaga na garagem

    O número e o tamanho das vagas na garagem afetam o preço do imóvel. Para os imóveis que não possuem vagas, a facilidade de estacionar no entorno é a segunda opção a ser avaliada. Se você não tem carro e o imóvel de interesse possui vaga, é possível alugá-la para algum vizinho e reduzir suas despesas.

  • Segurança

    As imobiliárias e construtoras já sabem que a segurança é um fator de valorização de um imóvel. Por isso, a grande maioria dos empreendimentos possuem no mínimo portão com fechamento eletrônico e cerca elétrica ou de arame farpado.

    Fechaduras, grades e portaria são outros itens que reforçam a segurança. No caso de prédios e condomínios, ter um porteiro 24h e câmeras de segurança reduzem as chances de roubo ou assalto.

  • Elevador

    O estado do elevador é também um fator de valorização de um imóvel. Em prédios comerciais, por exemplo, elevadores lentos podem causar filas e dificultar o acesso de clientes aos escritórios. Elevadores muito pequenos dificultam mudanças, e os espaçosos costumam ter maior custo de manutenção.

    Apesar de indispensável, muitos prédios antigos não possuem elevador. Lembre-se disso na hora de negociar!

  • Varanda Varanda

    Os imóveis com varanda são os mais desejados. Além de ser um espaço de recreação e lazer, a varanda é uma alternativa para fumantes, especialmente se dividem o imóvel com moradores não fumantes.

  • Suíte Suíte

    Quartos com suíte trazem maior privacidade e praticidade para os moradores, e são elementos que valorizam os imóveis.

    Os apartamentos padrão, por exemplo, possuem pelo menos uma suíte, geralmente destinadas ao casal. Imóveis de alto padrão pode ter mais suítes, o que certamente aumentará o preço de compra ou o valor do aluguel.

  • Possibilidade de reformas futuras

    Essa dica é mais indicada para quem quer comprar. Se você pretende reformar ou ampliar o imóvel, verifique se a estrutura atual é favorável. Converse com um arquiteto ou engenheiro civil para que avalie as vigas, teto, pisos, revestimentos, acabamentos, a parte elétrica e a parte hidráulica, em busca de facilidades ou impedimentos para reforma.

ACABAMENTOS

Os acabamentos e revestimentos do imóvel aumentam o seu valor quando são duráveis, fáceis de limpar e de reparar. Qualquer aspecto negativo que você encontre nos acabamentos - como manchas, rachaduras e imperfeições - é motivo para pedir um valor mais baixo de aluguel ou compra.

Se você tiver que fazer alguma reforma ou manutenção antes de alugar ou comprar o imóvel, peça um preço mais reduzido na negociação. Utilize o Checklist de Vistoria Chaves na Mão para avaliar o estado de conservação dos elementos do imóvel, assegurando um preço justo pelo que você irá usar.

  • Móveis embutidos

    Os móveis embutidos valorizam bastante o valor de um imóvel, mas têm o maior impacto em quem quer alugar. O preço do aluguel do imóvel mobiliado pode sofrer um incremento que o deixará bem mais caro do que os outros imóveis na região.

    Como saber se vale a pena? Se você pretende morar no imóvel por pouco tempo (um ano no máximo), ter móveis prontos é uma grande facilidade, reduzirá suas despesas de mudança (tanto na entrada como na saída) e simplificará sua vida. Agora, se você pretende se instalar por mais tempo, talvez queira ter seus próprios móveis.

    Quem constrói imóvel para venda costuma deixar a personalização a cargo do comprador, por isso não é comum encontrar móveis embutidos em imóveis à venda. Se esse for o caso, argumente na negociação por uma redução nos preços, pois você não poderá personalizar o imóvel a seu gosto, ou terá maiores custos na reforma para deixar do seu jeito.

  • Fachada

    Fachadas bonitas e bem conservadas valorizam o imóvel. Confira o estado da pintura, se tem pichações ou sinais de descuido e abandono. Quando há gramados e jardins, veja se são bem cuidados.

>

Contraproposta de compra

Antes de realizar uma proposta, verifique se há pendências no imóvel, como IPTU atrasado ou taxas de condomínio pendentes. Ao comprar o imóvel você terá custos para acertar essas pendências!

Após avaliar todos os itens mencionados acima, e no Checklist de Vistoria Chaves na Mão, levante todos os gastos que você terá com reparos, reformas ou ampliações, e defina um preço que você esteja disposto a pagar pelo imóvel.

Defina também qual o preço máximo que você pagaria, em caso de uma negociação irredutível; e também o preço mínimo, que será sua oferta. Para embasar sua oferta, utilize como argumentação os pontos encontrados na avaliação! Com tantas informações à sua disposição ficará difícil para o vendedor - seja o proprietário ou o corretor de imóveis - justificar seus preços iniciais! Boa sorte!

Contraproposta de aluguel

Verifique com o síndico, porteiro ou vizinhos, qual o histórico do aluguel para o seu imóvel ou para imóveis semelhantes. Essa simples verificação pode revelar se houve um aumento súbito no aluguel, o que abre margem para você negociar.

Em momentos de crise, o proprietário ou locatário podem estar com dificuldades para alugar o imóvel. É uma boa oportunidade para pedir um aluguel mais baixo, já que a procura está menor.

Antes de enviar uma proposta, verifique também imóveis semelhantes da região, pois é um argumento bastante utilizado por corretores e imobiliárias para justificar o preço do aluguel.

Agora você tem diversas informações que influenciam no real valor do imóvel, faça uma lista e a mantenha por perto na hora de negociar! Fale por telefone, para que tenha acesso fácil às suas anotações.

Dicas de Negociação Chaves na Mão

  • Mantenha a calma

    Incerteza ou pressa na hora de negociar pode revelar insegurança e reforçar a confiança da outra parte.

  • Pense no longo prazo

    Uma forma de entender se o desconto oferecido é vantajoso, pense em quanto ele representa no final do ano. Um desconto de 200 reais no aluguel mensal equivale a 2.400 reais de economia anual!

  • Esteja bem informado

    Não há vendedor que consiga “enrolar” um comprador bem informado. Faça sua lição de casa e vá preparado!

  • Seja ousado

    Pedir desconto não ofende. As imobiliárias costumam adicionar uma “gordura” no preço do aluguel, já esperando negociação.