Glossário Imobiliário Glossário de termos importantes no ramo imobiliário

7 Consulte no Glossário imobiliário Chaves na Mão as definições de termos importantes
utilizados no universo da compra e venda de imóveis

Acabamento

É a etapa de finalização de uma construção. Os chamados “acabamentos" são os materiais utilizados nessa etapa. O tipo e qualidade dos acabamentos influenciam no valor de mercado do imóvel.

Administradora de imóveis

É uma empresa que faz a intermediação da venda ou aluguel de imóveis em troca de um percentual da transação realizada. É seu papel divulgar o imóvel em mídias especializadas, além de realizar as negociações com os clientes e reportar aos proprietários o andamento de tais negociações.

Administradora de condomínios

É uma Administradora de imóveis com foco no nicho dos condomínios.

Alvenaria

É a etapa de construção estrutural de um imóvel. Refere-se ao levantamento de paredes, vigas e colunas.

Apartamento

Imóvel com divisões internas bem definidas, distribuído verticalmente em um edifício.

Apartamento padrão

É o apartamento com 2 quartos, cozinha e sala.

`

Área compartilhada

Espaço com direito de uso compartilhado. Exemplos: salão de festas, hall, elevadores.

Área privativa

Espaço com direito de uso do proprietário ou locatário. Refere-se á área particular do imóvel.

Área total

Em empreendimentos imobiliários, a área total é a soma da Área Compartilhada e da Área privativa.

Avaliação imobiliária

Procedimento executado por um Avaliador de Imóveis profissional, que analisa o estado de conservação dos acabamentos e revestimentos, os materiais utilizados e as condições da estrutura de um imóvel para determinar seu valor de venda. Além das informações da vistoria, o Avaliador utiliza também parâmetros como localização, idade e finalidade do imóvel, além de comparar com o valor de mercado de imóveis próximos e semelhantes.

Buscador de imóveis

Aplicação web ou website com uma ferramenta que permite pesquisar imóveis por localização, quantidade de quartos e outras informações. Bastante utilizados, os buscadores de imóveis são a forma mais rápida e confortável de procurar imóveis para alugar ou comprar.

Casa

Imóvel, geralmente com um andar, destinado à habitação.

Caução

É um valor depositado como garantia de pagamento de obrigações ou indenizações. Bastante utilizado em contratos de aluguel de imóvel. O caução pode ser feito por depósito em dinheiro, papéis de crédito, títulos da União ou dos Estados, pedras e metais preciosos, bem imóvel, hipoteca, penhor e fiança.

Caução de bem imóvel

Modalidade de caução em que a garantia é um bem imóvel, oferecida pelo locatário ou por seu fiador.

Clubes de morar

Condomínios fechados que oferecem uma grande variedade de opções de lazer para seus moradores. O termo vem da referência aos clubes, que oferecem aos seus associados salões de festas, piscinas, quadras poliesportivas, além de práticas esportivas e eventos recreativos.

Cobertura

Imóvel localizado no último andar de uma construção. Costuma ser a unidade mais valorizada do empreendimento imobiliário.

Cobertura duplex

Cobertura que ocupa os dois últimos andares de uma construção.

Condomínio

Situação em que mais de uma pessoa tem o domínio compartilhado de um bem. No condomínio os usufrutuários do bem compartilhado rateiam entre si os custos de manutenção, e compartilham o direito de usá-lo segundo regras estabelecidas em contrato.

Condomínio fechado

É o condomínio com segurança reforçada, que protege os imóveis do seu interior, geralmente casas ou sobrados.

Construtora

É a empresa contratada para realizar as obras de edificação de um empreendimento imobiliário, atendendo rigorosamente às normas definidas nos projetos. Em alguns casos a própria construtora realiza a comercialização das unidades, sem o intermédio de uma imobiliária ou administradora de imóveis.

Consórcio imobiliário

É quando um grupo de pessoas se reúne para comprar imóveis, e cada um paga parcelas mensais até que atinga o valor do imóvel. Quando isso acontece, um participante do consórcio é sorteado e o seu dinheiro é liberado. Para intermediar o processo há uma administradora, que cobra uma taxa de administração que costuma ser entre 15% e 20% do valor do consórcio. Diferentemente do financiamento imobiliário, no consórcio não há cobrança de juros, mas é preciso levar em consideração as taxas de administração. Um consórcio dura entre 10 e 15 anos, em média.

Contrato de locação de imóveis

É um instrumento com validade legal que determina direitos e deveres dos locatários, locadores e da imobiliária ou administradora de imóveis. Nesse contrato são determinados os valores de aluguéis e taxas, valores de multas e condições gerais de ocupação e desocupação do imóvel.

Contrato de venda de imóveis

É um instrumento com validade legal que determina as condições de venda de um imóvel, com a descrição dos dados do vendedor e do comprador. O contrato de venda elenca os dados de registro do imóvel, sua localização e deve ser registrado em cartório.

Corretor de imóveis ou Corretor imobiliário

É o profissional responsável pela intermediação entre as relações de venda ou aluguel de imóveis, em troca de um percentual da transação realizada. A corretagem de imóveis é uma profissão que exige registro no CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) e exige um curso de formação profissional. Também conhecido como Agente imobiliário.

Coworking

Empreendimento comercial que vende espaços de trabalho. Os coworkings costumam oferecer uma boa localização e serviços como salas de reunião, copa, telefonia e internet.

CRECI

Conselho Regional de Corretores de Imóveis. Entidade responsável por fiscalizar a profissão de Corretor Imobiliário. Cada estado brasileiro possui o seu CRECI, e todos os CRECIS são subordinados ao COFECI – Conselho Federal dos Corretores de Imóveis.

Crédito imobiliário

Modalidade de empréstimo para quem deseja adquirir um novo imóvel. Geralmente as instituições financeiras financiam até 70% do valor do imóvel, segundo critérios socioeconômicos do solicitante do financiamento. Enquanto a dívida não for quitada, o imóvel permanece alienado em nome da instituição financiadora. Também conhecido como Financiamento imobiliário.

Custo de oportunidade

É um conceito da economia utilizado como critério para tomada de decisões financeiras. O custo de oportunidade é o custo das outras opções que alguém poderia tomar com o mesmo dinheiro em questão. Por exemplo, para um investidor que está pensando se é um bom negócio comprar um imóvel, o custo de oportunidade é o rendimento do mesmo valor se investido na poupança ou numa operação financeira de baixo risco.

Depósito caução

É um depósito que o locatário faz para uma conta poupança definida pela imobiliária, de até três vezes o valor do aluguel, para que sirva como garantia do não pagamento dos aluguéis e taxas condominiais. Ao final do período de contrato, caso não haja pendências no aluguel, o locatário recebe de volta o depósito caução, com os rendimentos da poupança.

Edifício

Construção vertical constituída por apartamentos.

FGTS

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Depósito mensal compulsório realizado pelo empregador, referente a 8% de salário do empregado. O FGTS é depositado em uma conta bancária aberta na Caixa Econômica Federal, em nome do empregado. O FGTS pode ser resgatado em algumas situações, como demissões, compra de imóveis e financiamento pela Caixa Econômica Federal.

Fiador

Pessoa que assume para si a responsabilidade de honrar um contrato ou obrigação, no caso de outra pessoa não conseguir honrar o contrato realizado.

Fiança locatícia

Modalidade de garantia locatícia em que uma seguradora é contratada pelo locatário para ser seu fiador num contrato de aluguel de imóveis.Também conhecida como seguro fiança.

Financiamento imobiliário

Ver Crédito imobiliário.

Flat

Imóvel com estrutura similar ao apartamento ou loft, porém oferece serviços de hotelaria como alimentação, lavanderia e diversas opções de lazer.

Imobiliária

Empresa credenciada pelo CRECI (Conselho Regional de Corretores Imobiliários), destinada a intermediar a compra e aluguel de imóveis. Costuma reunir diversos Corretores Imobiliários, também com registro no CRECI, e ter caráter extremamente regional.

Imóvel na planta

É um imóvel que ainda não está 100% construído. Ele é comercializado a partir de suas plantas de engenharia, projeções arquitetônicas, passeios virtuais e desenhos 3D. Apesar de mais baratos, constituem um risco para os compradores, pois há a possibilidade de embargo da obra se a construtora não gerenciar os recursos adequadamente.

Incorporação imobiliária

É um procedimento jurídico com a finalidade de promover a construção de edificações. Geralmente realizada por construtoras ou empresas especializadas em incorporações. É comum haver um consórcio entre diversas empresas - construtoras, escritórios de arquitetura, empresas de engenharia e imobiliárias - para formalizar o empreendimento.

Incorporadora

A empresa que realiza a incorporação imobiliária.

Inquilino

O mesmo que locatário, a pessoa que está alugando um imóvel.

IPTU

Imposto Predial e Territorial Urbano, cobrado sobre imóveis (terrenos ou construções) dentro das zonas urbanas, sob competência dos municípios.

Kitnet

Apartamento pequeno, geralmente com até 40 metros quadrados de área, bastante comum em centros urbanos e utilizados por moradores novos e estudantes. Sua planta reduzida prejudica o conforto dos moradores, o que faz da kitnet uma popular opção de moradia temporária.

Lei do inquilinato

A Lei do Inquilinato foi introduzida no Brasil no Código Civil de 1916, e regula direitos e deveres dos locatários e dos locadores. Foi revisada em 2010.

Leilão de imóveis

É um evento em que os participantes disputam a compra de um imóvel pelo menor preço possível, competindo entre si por lances ligeiramente mais altos que o anterior. A maioria dos imóveis que vão a leilão são aqueles que vieram de ações de execução, ou tomados por instituições financeiras como garantia do não pagamento de financiamentos e aluguéis. Para quem entende, pode ser um ótimo negócio para comprar imóveis.

Locador

O proprietário que disponibiliza seu imóvel para locação.

Locatário

Ver Inquilino.

Loft

Imóvel comercial modificado para fins residenciais. São imóveis amplos, sem divisões claras entre os cômodos. Os moradores costumam utilizar mobílias e paredes de drywall para separar os ambientes.

Minha Casa Minha Vida

É um programa oferecido pelo Governo Federal para incentivar a compra financiada de imóveis por famílias de baixa renda.

Móvel embutido

Peça fixa de mobiliário incorporada à estrutura do imóvel.

Negociação

Processo pelo qual duas partes buscam um acordo igualmente benéfico em torno de uma transação comercial.

Penthouse

Cobertura com mais de um andar, sem divisão clara entre eles.

Planta

Desenho esquemático de um imóvel, contendo detalhes como cotas e medidas, proporções e uso dos espaços.

Planta baixa

É um tipo de planta que mostra o imóvel a partir de uma vista superior.

Revestimentos

São os materiais que cobrem as superfícies de um imóvel, como azulejos, cerâmicas, porcelanatos, tintas, forros e gesso.

Refinanciamento imobiliário

Modalidade de empréstimo em que o dono de um imóvel pode receber até 50% do valor de seu imóvel, usando-o como garantia de pagamento da dívida. Enquanto a dívida não for quitada, o imóvel fica alienado em nome da instituição financiadora.

Seguro fiança

Ver Fiança locatícia

Sobrado

Imóvel similar a uma casa, porém com dois andares. Em muitos casos é possível ter duas moradias distintas, uma em cada andar.

Síndico

Síndico ou administrador do condomínio é alguém eleito em assembleia, responsável por responder pelo condomínio e zelar por sua manutenção, segurança e legalidade. Pode ser um dos moradores ou um síndico profissional, contratado pelo condomínio.

Síndico profissional

Profissional com experiência e formação na área de administração de condomínios. Exerce a função de síndico sob remuneração.

Sítio

Terreno situado em áreas rurais, que podem ou não ter construções habitacionais. Também conhecido como Chácara.

Taxa condominial

Valor recolhido em um condomínio e cobrado dos moradores, relativo ao rateio de despesas comuns como pagamento de funcionários e terceirizados (zelador, porteiro, jardinagem, reparos), aquisição de equipamentos e custos com água, energia elétrica e gás.

Taxa de vistoria

Valor cobrado do proprietário do imóvel para a realização de um Laudo de Vistoria, executado por um Corretor de Imóveis ou Avaliador de Imóveis.

Título de capitalização

É um produto financeiro em que o capitalizador investe parcelas mensais e pode ser sorteado enquanto o contrato estiver em vigor. Ao final do período estipulado, o capitalizador recebe o total do seu investimento, acrescido de eventuais rendimentos e descontados das taxas de administração.

Vistoria de Imóvel

Conhecido como Laudo de Vistoria, pode ser feito na entrada ou saída do morador, e pode ser solicitado pelo inquilino. É de responsabilidade do locador, e a cobrança de taxa de vistoria do inquilino é considerada ilegal. Na vistoria do imóvel é avaliado o estado de conservação da estrutura e dos acabamentos do imóvel. É um documento que serve como parâmetro para a definição de reformas e reparos tanto para os proprietários como para os moradores do imóvel.