Dicas de reforma para aumentar o apartamento

    Reforma para aumentar o apartamento: Quanto menor o tamanho do apartamento, maior é o desafio. Morar em imóveis com espaço reduzido é super normal nas cidades grandes por conta do aumento no valor do metro quadrado.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Reforma para aumentar o apartamento

    Quanto menor o tamanho do apartamento, maior é o desafio. Morar em imóveis com espaço reduzido é super normal nas cidades grandes por conta do aumento no valor do metro quadrado.

    Mas, se você quer dar uma repaginada no apartamento e sente que chegou a hora de fazer uma reforma, saiba que existem regras, inclusive a necessidade de um laudo feito por um engenheiro para que a reforma no apartamento seja executada sem erros ou danos para a estrutura do prédio.

    Além disso, existem vários truques super simples de serem executados tanto para reforma quanto para a decoração do apartamento que com certeza trarão a sensação de amplitude para o imóvel pequeno.

    Antes de tudo, é necessário planejar tudo o que será reformado no apartamento. Segundo Eduardo Murillo Garcia, proprietário de uma empresa de assessoria de reformas residenciais, não determinar bem o que vai ser feito é o principal erro em relação à reforma. “A pessoa começa com uma pequena ideia e no meio acontece àquela típica situação: ‘Já que estamos aqui, vamos quebrar mais uma parede ou aumentar esse ambiente’. Quando a pessoa vê, ela já saiu do planejamento inicial e é aí que o orçamento estoura”, explica em entrevista para o portal da Revista Exame.

    Separamos algumas dicas do arquiteto Diego Revollo, reveladas em entrevista ao site Casa Abril, para você usar na hora de construir o seu apartamento e ainda otimizar o espaço.

    Confira:

    Gesso

    Para que os ambientes pareçam maiores, evite usar o forro de gesso, pois eles diminuem a altura das paredes e deixa o teto mais próximo ao chão. Segundo Diego, o ideal é tentar manter o pé-direito de 2,60 m. “Banheiros podem ter altura de 2,40 m – até boa para os padrões de hoje”, diz. Assim como o gesso, as lâmpadas embutidas precisarão ficar de lado. A dica é trocar por pendentes decorativos. O ambiente ficou escuro? Aposte em iluminação como luminárias e abajures que dão um charme na decoração do apartamento.

    Móveis

    Além de evitar usar o gesso, escolha poucos móveis e com um tamanho reduzido.

    Uma grande quantidade de móveis pequenos também não é o indicado, pois trará a sensação de ambiente cheio e, como consequência, menor ainda.

    Uma dica é planejar bem os ambientes antes de mobiliá-los. Com isso, é possível otimizar o espaço e ter os móveis essenciais para cada ambiente.

    Paredes

    Para deixar de lado a sensação de que o teto está mais próximo do chão, não polua a parte de cima das paredes com itens de decoração pesados visualmente, pois eles tornam o apartamento mais apertado (como o caso dos móveis).

    Prefira usar a parte de cima das paredes para posicionar objetos mais delicados, como quadros, fotos ampliadas ou até deixe este espaço vazio.

    Divisão de ambientes

    Que tal fazer uma ligação entre os ambientes e sair da ideia tradicional de divisão?

    As divisões em excesso trazem a sensação de aperto e ainda ocupam alguns metros quadrados do apartamento que poderiam ser utilizados. Além disso, é claro, a atitude é um charme para a arquitetura do imóvel.

    Para isso, vale investir em divisórias, cobogós, portas, bancadas de mesas, estantes ou até mesmo em cortinas. Fica ao seu critério!

    A delimitação de cada ambiente com aplicação de diferentes estilos de pisos é muito utilizada nas decorações. Se você precisa dividir a sala e a cozinha, é só colocar um piso de porcelanato na parte da cozinha e um laminado na sala. Que tal?

    Lembre-se que, para desapegar das paredes que dividem os ambientes, é preciso conversar com o síndico e com um arquiteto para não danificar a estrutura do edifício.

    Janelas

    Aposte em grandes janelas que permitem maior incidência de luz natural. Assim, o ambiente fica mais claro, charmoso e maior! Para as cortinas, utilize o trilho o mais próximo do teto que puder e, de preferência, que o tecido se estenda até o chão.

    Além disso, as cores fazem total diferença tanto para o estilo da decoração quanto para a arquitetura do apartamento.

    Sabe por quê?

    Cada cor possui um significado diferente e, dependendo da sua escolha, o espaço pode se tornar muito mais aconchegante e moderno. Confira o que cada tipo de cor reflete ao ambiente:

    – As cores claras dão a sensação de amplitude ao espaço.

    – Utilizar as cores escuras podem fazer com que o ambiente pareça menor, mas trazem a sensação de aconchego.

    – Já as cores frias, como azul, violeta e verde, também podem ampliar o espaço e são aconselhadas para quem deseja transmitir uma sensação de dimensão para os que frequentam o imóvel.

    – Pintar as paredes de branco deixa a casa mais iluminada, pois reflete a luz natural e artificial e ainda traz a impressão de amplitude para quem frequenta o ambiente.

    – O amarelo é capaz de trazer boas energias ao ambiente e ainda potencializa a luz natural.

    – Agora, os tons mais claros do verde podem ser aplicado em pontos específicos para criar alguns espaços mais acolhedores e alegrar os espaços pequenos.

    – E que tal usar duas cores? Assim é possível ampliar o ambiente. Divida a parede na horizontal e aplique duas cores na mesma parede, sendo que, para trazer a sensação de ambiente maior, a parte inferior deve ser pintada com cores mais escuras e a parte de cima com algum dos tons leves.

    Separamos alguns projetos de apartamentos para você se inspirar na hora de reformar e ampliar o seu apartamento.

    Confira as fotos, feitas pela Adriana Barbosa, dos projetos da designer Adriana Fontana:

    Confira em nosso nosso site as melhores ofertas de apartamentos à venda.