Piso vinílico: fácil, barato e resistente

    Piso vinílico: Chegou a hora de mudar o piso da sua casa mas você não quer sofrer com o quebra quebra e nem com obras que chegam a dar dor de cabeça?

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Piso vinílico

    Chegou a hora de mudar o piso da sua casa mas você não quer sofrer com o quebra quebra e nem com obras que chegam a dar dor de cabeça? A solução para isso é o piso vinílico. Além da facilidade na instalação, é um material barato e resistente.

    O piso vinílico é um material semiflexível, feito de resinas vinílicas, minerais e PVC que apresentam uma boa diversidade de texturas e cores que se adaptam facilmetne ao seu ambiente.

    O piso vinílico possui muitas vantagens:

    – Seus fabricantes normalmente oferecem até 15 anos de garantia;

    -Não dilata;

    – É um ótimo isolante acústico;

    – Proporciona um conforto térmico, por não esfriar nem esquentar demais;

    – É mais resistente à umidade quando comparado a pisos de madeira ou carpetes de madeira;

    – Antialérgico;

    – Muito mais fácil de limpar.

    Formato e aplicações

    Esse revestimento pode ser aplicado tanto em pisos quanto em paredes. Mas cuidado! Não é em qualquer área que a instalação pode ser feita. No caso do piso vinílico para o banheiro e para a cozinha, são fabricadas algumas linhas específicas que se adaptam melhor a esse tipo de ambiente. Não é recomendado o uso em áreas externas, pois sofrem com as condições climáticas, ficando desbotados, por exemplo.

    O piso vinílico é fornecido por metro quadrado e pode ser vendido de três formas: placas, réguas ou mantas, e cada um se adapta melhor em diferentes tipos de ambientes. Por exemplo:

    No formato de manta, sua aplicação é indicada para lugares maiores, por não possuir emendas e sua aplicação ficar mais uniforme. Já as placas e réguas são mais indicadas para casas e apartamentos não muito grandes.

    Como aplicar?

    Como já falado, a aplicação deste piso é super simples e fácil, mas é necessário que o piso anterior esteja limpo e uniforme, sem nenhuma imperfeição.

    Primeiro é feito um nivelamento do piso antigo através da aplicação de uma massa, feita de cimento e cola PVA.

    Se for aplicar o revestimento sobre um piso que tenha rejunte, é necessário aplicar essa massa para que as imperfeições não fiquem evidentes no resultado final.

    Caso seja aplicado em superfícies brilhantes ou mais lisas, é necessário, antes de aplicar a massa de cimento e cola, passar um primer para otimizar a aderência do piso.

    Em pisos naturais, como madeira ou laminado, por serem pisos mais úmidos, é necessário retirá-los antes de aplicar o piso vinílico. Isso se dá pela troca de umidade do piso com o ambiente e ao instalar o revestimento, tornando impossível realizar esta troca, gerando empenamento e até empodrecimento.

    Dica: Caso você aplique o piso vinílico sobre outro material e queira voltar para o piso inicial, opte por réguas vinílicas de encaixe. Pois, ao retirar a cola utilizada para a aplicação, o piso original poderá ser prejudicado.

    Confira em nosso site as melhores ofertas de imóveis à venda.