Decorar o quarto de bebê: + de 95 modelos com fotos

    O gostoso de esperar um filho é montar o quartinho dele. Por isso, temos algumas dicas para ajudar a criar um quarto de bebê perfeito.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão5 anos atrás

    Quarto de Bebê perfeito

    A chegada de um bebê é um dos momentos mais especiais na história e na vida de uma família. Tudo deve estar muito bem preparado para esse dia tão especial, o que envolve tempo e dedicação durante os 9 meses de gestação.

    A fase mais gostosa e carinhosa dessa preparação é a de montar um quarto de bebê, o que exige muito cuidado e carinho, pensando sempre no conforto e segurança do pequeno.

    Entre as primeiras escolhas a serem feitas estão cores, decoração, praticidade, organização e, claro, principalmente a segurança.

    Com crianças pequenas em casa um dos principais desafios diários é mantê-las longe dos perigos do lar, sejam eles quais forem.

    Por isso, confira as dicas que preparamos para te ajudar a criar um quarto de bebê.

    Berço

    Comece com o berço, posicionando-o longe de janelas, abajures, fios, móveis e enfeites de parede que possam ser usados como apoio para fugas.

    Certifique-se, também, de que ele tenha uma boa profundidade e que possibilite o ajuste da altura do colchão de acordo com a idade da criança.

    Também meça a distância entre as barras da grade, que não devem ultrapassar 6,5cm, para evitar que a cabeça do bebê fique presa.

    Se o berço que você for usar para o seu bebê for muito antigo, a pintura dele pode conter chumbo, então o indicado é lixá-lo por inteiro e pinta-lo novamente, com uma camada de tinta sem chumbo, já que bebês costumam morder as bordas do berço e o chumbo pode causar intoxicação.

    Lembre-se de conferir se o colchão encaixa perfeitamente no berço e não utilize nenhum enfeite ou protetor para completar espaços vazios, pois as pernas e braços do bebê podem ficar presos a eles.

    E por falar em protetor, eles são totalmente dispensáveis pois, apesar de serem lindos, acumulam pó e atrapalham a circulação do ar dentro do berço.

    Se você quiser muito usá-lo, lave-o com frequência e tire assim que o bebê conseguir ficar em pé no berço – para que eles não possam ser usados como degrau.

    Não use travesseiros no berço, pois os bebês não precisam deles durante o primeiro ano de vida. Também verifique se não há nada que possa ser sugado pelo bebê – no berço e fora dele –, como botões, cordões e até mesmo fraldinhas de boca.

    Mantenha sempre a lateral móvel do berço levantada, mesmo enquanto o bebê for pequeno e não houver o menor risco de ele cair.

    E, por fim, coloque o bebê para dormir sempre com a barriga pra cima, e quando o colchão já estiver posicionado na altura mais baixa possível e a parte de cima das grades laterais estiverem alcançando a região abaixo do peito do bebê, já está na hora de fazer a transição para uma caminha de verdade.

    Móveis

    Além do berço, mantenha atenção redobrada aos móveis com muitos cantos e pontas, pois quando o bebê começar a movimentar-se pela casa poderá se bater contra esses objetos e se machucar.

    Aposte em protetores de canto, para proteger as superfícies e reveja a colocação de armários e prateleiras fixas nas paredes, tendo certeza de que eles estão bem seguros.

    Trocador

    Lembre-se de ficar o tempo todo com o seu filho enquanto ele estiver sendo trocado. Algumas mães preferem, inclusive, colocar o trocador no chão, para evitar o risco de queda.

    Também mantenha produtos de higiene como loções infantis e lenços umedecidos fora do alcance do bebê.

    Tomadas

    Não só no quarto, mas na casa toda, tome muita precaução quanto às tomadas.

    Bebês e crianças pequenas são muito curiosas e colocam a mão em todos os lugares que conseguem alcançar, e as tomadas são as mais perigosas para a segurança dos pequenos.

    Compre protetores para encaixá-los nas tomadas e evitar acidentes.

    Tapetes e Cortinas

    Opte por tapetes antiderrapantes e aqueles emborrachados – perfeitos para a área em que a criança ficará brincando.

    Já para as cortinas, prefira as facilmente removíveis e laváveis, com tecidos antialérgicos, evitando quedas e prevenção de alergias.

    Outro estilo de cortina a ser evitado são as persianas com fios pendurados, pois eles oferecem risco de estrangulamento – caso você já tenha algo assim no quarto, dê um nó nos fios, para suspendê-los.

    Janelas

    Não precisamos te contar que todas as janelas da casa – não só a do quarto de bebê – devem estar protegidas com redes de proteção, para impedir quedas. Também deixe os móveis que possibilitam escaladas bem longe delas.

    Resumindo: todo cuidado é pouco na hora de preparar a casa para receber uma criança pequena, então se empenhe na criação de um ambiente seguro e favorável a saúde do bebê.

    Inspire-se nos modelos que selecionamos para você: 

    Créditos das fotos: Pinterest

    Se você gostou do post e quer ter mais dicas de decoração, aproveite para curtir a nossa página no Facebook e ficar por dentro do assunto. Até a próxima!

    Confira em nosso site as melhores ofertas de imóveis à venda.