Tendências de pisos para casas e apartamentos

    Escolher o revestimento ideal para o chão do seu imóvel não é uma tarefa tão fácil, pois, são diversas tendências de pisos para casas e apartamentos.

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão4 anos atrás

    Pisos para casas e apartamentos

    Escolher o revestimento ideal para o chão do seu imóvel não é uma tarefa tão fácil, pois, são diversas tendências de pisos para casas e apartamentos. Para acertar na escolha, é preciso conhecer as desvantagens e vantagens de cada modelo.

    Mas antes de decidir qual a melhor opção, é importante observar atentamente em qual ambiente o material será colocado, levando em consideração o ambiente interna ou externo, e se a área tende a estar mais molhada ou seca.



    Piso vinílico

    O piso vinílico é uma das opções mais utilizadas nas construções atuais, justamente por ser parecido com a madeira. Seu material é feito de PVC e tem uma ótima absorção de som. No calor, não aquecem tanto e no inverno são mais aconchegantes que outros pisos. Além disso, não tendem a empanar e nem dilatar.

    Este tipo de piso pode ser utilizado em qualquer ambiente interno da casa ou apartamento. Só não é recomendado para espaços externos, pois o sol pode acabar desbotando o pigmento que dá a cor ao material.

    Sua instalação é rápida e fácil. Porém, a superfície precisa ser limpa e uniforme. Outra vantagem é que o material é antialérgico, não mancha, possui alta durabilidade e resistência. A manutenção pode ser feita com um pano úmido.


    Cimento queimado

    O cimento queimado é uma tendência que vem ganhando maior visibilidade nas reformas. Sua aparência é parecida com a do concreto, porém, com um aspecto mais rústico e moderno.

    Este tipo de piso deve ser colocado em uma superfície lisa e nivelada. A grande vantagem é que pode ser usado tanto para áreas internas quanto externas. Já a desvantagem, é que para garantir a sua durabilidade, é preciso aplicar uma resina com base acrílica na mistura da massa.

    Caso não seja bem aplicado, podem surgir fissuras que comprometam a conservação do piso. Além disso, com o passar do tempo, podem surgir manchas indesejáveis, justamente pelo tipo de revestimento, que é mais difícil de limpar.


    Pisos frios

    Os tipos mais comuns de pisos frios utilizam porcelanato e/ou cerâmica. Normalmente são encontrados em peças de variados tamanhos, cores, texturas e espessuras. A vantagem é que podem ser utilizados tanto em ambientes internos quanto externos. Porém, para a área externa o ideal é utilizar o material antiderrapante.

    A grande desvantagem dos pisos frios é que, devido à sensibilidade do material utilizado, é preciso um maior cuidado, principalmente com objetos que possam vir a cair no chão. Dependendo do impacto, podem ocorrer lascas ou até mesmo a quebra total do piso.

    Os pisos frios são fáceis de limpar, basta um pano úmido e um bom produto de limpeza. Costumam ser bastante brilhosos e sensíveis também aos barulhos de sapatos e móveis arrastando. Além disso, é o tipo de piso em que a temperatura do ambiente  deve ser considerada, pois são mais gelados que outros modelos.

    Gostou das nossas dicas? Confira outras que podem ser úteis para a reforma e decoração da sua casa ou apartamento:

    Confira em nosso site as melhores ofertas de imóveis à venda.