Avaliação do Honda Pop

    Avaliação da Honda Pop, antes de comprar veja a opinião dos donos, vídeos, consumo de combustível, manutenção, preço de revenda e muito mais!

    Chaves na MãoPor : Chaves na Mão9 meses atrás

    Atualmente, a Pop 100 é o modelo mais acessível da Honda e, apesar de ser uma motoneta com características simples, tem sido muito bem aceita no mercado brasileiro e já chegou a ocupar a 5ª posição no ranking de vendas da marca.

    Um dos principais diferenciais da motocicleta é o baixíssimo consumo.

    Desde o lançamento, o modelo tem sido o mais econômico e mais acessível da Honda e chega a fazer em média 45km/litro, seu tanque tem capacidade para o armazenamento de 4 litros de combustível.

    A fabricação da modelo Honda Pop 100 começou no ano de 2006. A proposta desta motoneta conhecida como “pequena moto com um grande banco” é oferecer um veículo a um preço acessível, de baixa manutenção e boa performance dentro do perímetro urbano.

    Com características técnicas simples, a Honda Pop 100 tem boa aceitação no mercado brasileiro.

    Seu destaque fica para a região nordestina do país que ganhou um grande número de adeptos.

    Por ser uma moto leve (pesa apenas 85kg) e de fácil pilotagem, este modelo é indicado para iniciantes.

    Diferente de outros modelos da marca, como a Honda Biz 110, a Pop 100 não possui porta capacete, mas apresenta travas no guidão.

    O modelo ainda conta com embreagem manual para alterar entre as 4 marchas no câmbio.

    E possui freios a tambor com 110 mm de diâmetro que proporcionam frenagens progressivas.

    Seu motor apresenta cilindrada de 96,1 cm³, como potência máxima de 6,17 cv a 7.500 rpm. Suspensão dianteira com curso de 100mm, e suspensão traseira com curso de 83mm.

    Econômica, faz em média 45km/litro, e seu tanque tem capacidade para o armazenamento de 4 litros de combustível.

    Destaque para o para-Lama interno que proporciona proteção aos pés do garupa contra água, barro e pedras, e para o catalisador presente na motocicleta, que converte os gases nocivos emitidos pelo motor, transformando-os em substâncias menos prejudiciais ao meio ambiente, atendendo às normas de emissão de poluentes do Promot 3.
     

    HONDA POP 100 – 2012/2013

    Em 2012, o modelo obteve um novo carburador para atender às novas normas da Promot 3, que de forma gradual visa diminuir os poluentes expelidos pelos automóveis; e estava disponível no mercado nas cores preta, laranja, roxa e vermelha.

    HONDA POP 100 –2014

    Neste ano, a Honda Pop 100 passou a ser oferecida na tonalidade azul, agradando os seus consumidores.

    HONDA POP 100 – 2015

    A Pop 100 2015 ganhou novos grafismos e passou a ser comercializada na nova cor branca, além das atuais preta e vermelha.

    HONDA POP 110i – 2015/2016

    A nova geração da Pop 100 no Brasil foi apresentada pela Honda no Salão Duas Rodas 2015, e ganhou o nome de Pop 110i.

    E como o novo nome indica, a nova versão desta motoneta ganhou um motor maior, com mais cilindradas e injeção eletrônica.

    Preocupados com clientes que não são fãs de motos com injeção eletrônica, a Pop 110i  manteve a partida apenas ao pedal, dando a possibilidade do motorista se locomover em algum lugar inóspito caso tenha problemas de bateria.

    Outra mudança foi o rendimento que passou a ser de 7,9cc e torque de 0,9 kgfm.

    Seu painel também foi reformulado. Está mais atual e recebeu indicador de reserva e luz- espia para falhas na injeção. 

    Segundo testes do Instituto Mauá de Tecnologia, em ambiente urbano a Pop 110i realiza 61,3 km/litro, ultrapassando sua marca anterior de 56km/litro.

    O novo modelo possui tanque com capacidade de 0,2 litro maior que a versão anterior, oferecendo espaço para 4,2 litros.

    A Pop 110i está disponível nas cores branco, vermelho ou preto, a motoneta passa a ter 3 anos de garantia.

    Ficha técnica

    Motor 4 tempos, 1 cilindro, disposição horizontal, 2 válvulas por cilindro, OHC / SOHC, cárter úmido.

    Quadro Monobloco em aço
    Comprimento – 1.843 mm
    Largura – 745 mm
    Altura – 1.033 mm
    Distância mínima do solo – 141 mm
    Distância entre eixos – 1.234 mm
    Alimentação Injeção eletrônica
    Combustível  Gasolina
    Tanque de combustível (incluindo reserva) 4,2 litros
    Reserva de combustível 1 litros

    Itens de série

    • Ignição CDI/ECU
    • Partida a pedal
    • Bateria12V 4Ah selada
    • Faróis 35/35W H4 x 1
    • Refrigeração a ar
    • Capacidade cúbica 109,1 cm³
    • Diâmetro x Curso 50 mm x 55,6 mm
    • Taxa de compressão 9,3:1
    • Potência máxima 7,9 cv a 7.250 RPM
    • Torque máximo 0,9 kgf.m a 5.000 RPM
    • Marcha lenta 1.400RPM +/- 100
    • Capacidade de óleo (sem troca de filtro) 0,8 litros
    • Capacidade de óleo (total) 1 litros
    • Embreagem Multidisco banhada a óleo
    • Câmbio      Manual sequencial de 4 velocidades
    • Redução final 34/14
    • Transmissão final por corrente
    • Quantidade de elos da corrente 104 elos
    • Passo da corrente 428
    • Caster 26,3º
    • Trail 69 mm
    • Raio de curva       1,85 m
    • Altura do assento 749 mm
    • Peso seco   87 kg
    • Capacidade máxima de carga 150 kg
    • Suspensão
    •  Suspensão dianteira Garfo telescópico, curso de 100 mm, sem ajustes
    • Suspensão traseira Bichoque, curso de 83 mm, ajuste de pré-carga da mola
    • Roda dianteira Aro de aço, raiada, 17 polegadas
    • Roda traseira Aro de aço, raiada, 14 polegadas
    • Pneu dianteiro 60/100 17 33 L com câmara
    • Pneu traseiro 80/100 14 49 L com câmara
    • Freio dianteiro a tambor, 110 mm, sem ABS
    • Freio traseiro a tambor, 110 mm, sem ABS
    • Ano modelo 2016

    O consumo de combustível da Honda POP sempre foi um diferencial, a motoneta sempre chamou a atenção por ser um veículo muito econômico e em sua nova versão isso se manteve.

    O tanque de combustível teve sua capacidade ampliada para 4.2 litros e, com o novo motor, a POP 110i apresenta velocidade máxima de 91.8km e o consumo médio combinado entre cidade e estrada ficou de 49.56 km/l. 

    Outro grande diferencial do modelo mais acessível da Honda é a sua manutenção.

    No manual do proprietário da Honda Pop 110i vem uma tabela de manutenção recomendando que, ao atingir 1.000 km, a motoneta deve ser revisada em poucos itens, como: troca de óleo, que utiliza apenas 0.8 L de fluído, checagem e verificação da marcha lenta, corrente de transmissão, sistema de freio, porcas e parafusos, calibragem dos pneus e verificação dos aros e das rodas.

    A motoneta possui uma garantia de três anos e um baixíssimo custo de mecânica e manutenção.

    Tabela de preço de acordo com especialistas, concessionárias e revendedoras:

    • Honda POP 100 2016 – R$ 5.028,00
    • Honda POP 100 2015 – R$ 4.698,00
    • Honda POP 100 2014 – R$ 4.168,00
    • Honda POP 100 2013 – R$ 4.011,00
    • Honda POP 100 2012 – R$ 3.597,00
    • Honda POP 100 2011 – R$ 3.104,00
    • Honda POP 100 2010 – R$ 3.011,00
    • Honda POP 100 2009 – R$ 2.907,00
    • Honda POP 100 2008 – R$ 2.777,00
    • Honda POP 100 2007 – R$ 2.659,00

    Continue com a gente e encontre em todo o Brasil as melhores oportunidades da moto Honda Pop

    Confira as melhores ofertas de carros e motos, novos e usados!