Faça sua busca com a mesma eficiência no computador, tablet ou celular!

Baixe o aplicativo Chaves na Mão.

Renault Duster

Dê sua opinião sobre Dê sua opinião

Confira o preço do Renault Duster: Tabela FIPE

História do Duster

DUSTER MARRON

Desenvolvida a partir de um conceito da fabricante romena Dacia, subsidiária da Renault naquele país, a SUV Duster foi lançada em 2010, sendo fabricada tanto pela montadora romena quanto pela Renault. Originalmente, o veículo era utilizado em competições no gelo e é baseado na plataforma B0 compartilhada pela Renault com as marcas romena e japonesa que produzem versões dos carros para venda em determinados mercados.
A Duster foi sozinha a responsável por garantir à marca francesa 36,1% do mercado de SUVs no Brasil, em parte pela facilidade oferecida pela fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, onde o modelo é produzido. Em 2013, a Duster foi a terceira SUV mais vendida no mundo, sendo que 70% das unidades estavam sob a marca Renault.
Uma das versões mais curiosas da Duster é a Dacia Duster Army, equipada com blindagens na carroceria, reforços estruturais na parte inferior para proteção do motor e uma metralhadora acoplada ao teto do veículo, apresentada pela Dacia em 2013 em um desfile militar na Romênia.

DUSTER 2011 DUSTER 2011 DUSTER 2011 DUSTER PRATA DUSTER PRATA DUSTER PRATA DUSTER PRATA DUSTER PRATA DUSTER AZUL DUSTER PRATA DUSTER CINZA INTERNO DA DUSTER INTERNO DA OROCH INTERNO DA OROCH DUSTER OROCH DUSTER OROCH DUSTER OROCH

Especificações técnicas

DUSTER BASICA

Assim como outras SUVs, a Duster é um carro grande, com 4,3 m de comprimento e 2,8 m entre os eixos, 1,8 m de largura e 1,6 m de altura. Bastante espaçosa, a cabine acomoda os passageiros com conforto e o porta malas comporta até 475 litros, podendo chegar - depois de recolhidos os bancos traseiros - a um volume de 1600 litros de bagagem. O tanque de combustível tem capacidade para até 50 litros.
A Renault oferece a Duster com duas opções de motorização, 1.6l 16V HI-FLEX que gera até 115 cv com etanol ou 110 cv com gasolina e o mais poderoso 2.0 16V HI-FLEX, capaz de entregar até 148 cv queimando etanol ou 143 cv na gasolina. A transmissão conta com 3 modelos: manual de 5 velocidades, mecânico de 6 marchas e automático com 4 velocidades. A direção é hidráulica em todas as versões, que também contam com freios ABS e injeção eletrônica multiponto sequencial. A suspensão traseira independente tipo McPherson com multi-link só está disponível na versão Dynamique 4x4 do veículo.

Versões
A Duster é oferecida com 2 versões, Expression e Dynamique, sendo elas subdivididas. A variação é determinada a partir da combinação de motor, transmissão, e tração.
A versão mais simples da SUV, chamada Expression, equipada com o motor de 1.6l e câmbio manual de 5 velocidades. Tem rodas de aço estampado, que podem ser substituídas por rodas de liga leve como opcionais. A segunda versão da Duster é a Dinamique 1.6, também equipada com o motor de 1.6l e câmbio manual de 5 marchas, já conta com um pacote mais amplo de acessórios de série, incluindo duas tomadas 12V na cabine, computador de bordo com 10 funções, sensor de estacionamento traseiro, GPS integrado ao sistema multimídia e faróis de neblina.
A subdivisão Dynamique 2.0 conta com três configurações da Duster, todas equipadas com o motor mais potente que a Renault produz para o modelo e praticamente com o mesmo pacote de acessórios de série apresentado pela Dynamique 1.6. As combinações possíveis incluem o câmbio mecânico de 6 marchas - único disponível com tração nas quatro rodas - ou o câmbio automático de 4 velocidades. Vale mencionar que a relação do câmbio nas versões equipadas com transmissão manual é diferente entre cada combinação, de forma a otimizar o desempenho e o consumo da Duster.



Kits e Opcionais
DUSTER MARROM

Para oferecer maiores personalizações ao consumidor, a Renault oferece kits fechados para instalação nos modelos da Duster. Uma vez que as versões em si diferem pouco em qualquer aspecto além do mecânico, algumas dessas opções são interessantes para melhorar o conforto oferecido pela SUV francesa, ou para atender melhor às necessidades do usuário.
O primeiro kit oferecido é o Aventura, que inclui uma barra de proteção frontal com farol, alargadores de para-lamas e estribo em plataforma para as laterais da Duster. Já o kit Conforto acrescenta um apoio central para o braço do motorista e uma câmera de ré acoplada ao MEDIA Nav Evolution, central multimídia Renault. O kit Estilo instala a mesma proteção frontal do kit Aventura com faróis e substitui os estribos plataforma por estribos tubulares nas laterais. Por fim, o kit Áudio substitui a central multimídia padrão por um sistema Pioneer com alto falantes de 100 W de potência.
Alguns dos itens disponíveis em kits podem ser adicionados separadamente na Duster, como a câmera de ré, enquanto outros opcionais não fazem parte de nenhum dos pacotes de expansão como o alarme volumétrico, o bagageiro de teto, o engate traseiro, porta bicicletas, entre outros.

Consumo

Em termos de consumo, a Duster se encontra no padrão da categoria SUV, sem se destacar nem positivamente nem de forma negativa. O motor 1.6l 16V percorre até 6,8 km/l na cidade e 7,3 km/l na estrada com etanol ou 9,6 km/l urbanos e 10,6 km/l rodoviários com gasolina. O motor 2.0 16V alcança na cidade até 7,4 km/l e 10,5 km/l em rodovias com álcool ou 10,3 km/l nas ruas e 14,6 km/l em estradas com gasolina. Dependendo da opção de câmbio, essas médias de consumo mudam drasticamente, chegando a reduzir a autonomia da Duster em ruas e estradas em até 2km/l rodoviários e 1 km/l em ambiente urbano com a utilização do câmbio automático.

Manutenção

A manutenção de uma Duster, ainda que não seja terrivelmente cara, é uma das mais pesadas para o bolso dentro da categoria SUV. O preço das peças Renault é basicamente o mesmo quando comparado a outras marcas, mas as revisões periódicas da marca francesa são mais caras. A rede de assistência, entretanto, é bem distribuída, facilitando encontrar peças e reparos quando necessário, além da praticidade do carro fabricado no Brasil, que envolve tempos menores de espera - quando ele ocorre - até a chegada das reposições.
 

Valor de revenda

DUSTER REVENDA

É na hora de revender a Duster que o carro acaba se tornando menos vantajoso em relação a outras SUVs disponíveis no mercado nacional, em especial a EcoSport (Ford). A desvalorização do modelo Renault é um dos mais altos no segmento, alcançando 14,1% do valor do carro novo logo no primeiro ano, perdendo apenas para a Tracker (Chevrolet), que perde até 14,3% do valor do veículo 0 quilômetro.
 

Avaliação do veículo

  • Avaliação geral (1 opinião)
    3.6
  • Design  
    4
  • Performance  
    4
  • Conforto e Acabamento 
    3.5
  • Dirigibilidade 
    4.5
  • Consumo de Combustível 
    3
  • Manutenção 
    3
  • Custo x Benefício 
    3